Pages - Menu

Creche Dona Zezé de Água Branca PB - O resgate da cultura popular - "Teatro de Fantoches"

A creche Dona Zezé promove entre seus alunos o resgate de uma das culturas que está em extinção dentro do folclore brasileiro: "O teatro de fantoches" que outrora tantos sonhos envolveram principalmente as crianças. A pratica dos manuseios de fantoches ou marionetes desenvolvem a desinibição e criatividade nas crianças tão carentes no mundo atual que se envolvem demasiadamente na tecnologia, ficando às vezes horas a fio debruçados em computadores ou celulares  reclusos ao mundo virtual. Estando expostos ao perigo desta situação, podem ficar condicionadas e estarem fora da nossa realidade.
JC



 
 

 
 

 

 
 
fotosCrecheDZezé



Previdência pode ter ‘gatilho’ para idade mínima no longo prazo superar 65 anos

Marcelo Carvalho
Na aposentadoria por tempo de contribuição, não há idade mínima
A proposta de reforma da Previdência que o presidente Michel Temer tem em mãos prevê o aumento da idade mínima para além dos 65 anos fixados inicialmente. O texto, elaborado pela equipe técnica do governo, propõe um gatilho que permitirá aumentar o piso da idade à medida que também subir o tempo médio de sobrevida (a quantidade de anos de vida depois da aposentadoria).
A “calibragem” evitaria a necessidade de discutir novos projetos de reforma previdenciária acompanhando o envelhecimento da população. Caberá a Temer a decisão de deixar ou retirar esse dispositivo. Os técnicos, porém, defendem o instrumento como necessário para que os efeitos da reforma, de alto custo político, sejam de longa duração.
O presidente já decidiu, porém, que a proposta de reforma só será enviada ao Congresso em novembro, após o segundo turno das eleições. A decisão é mais um recuo do governo que, inicialmente, encaminharia o texto ainda este mês.
Em jantar oferecido nesta terça-feira, 27, por Temer a ministros e líderes dos partidos da base aliada, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, reafirmou que a prioridade do governo é a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que limita os gastos públicos. A PEC chegou a ser classificada como “o Plano Real do governo Temer” por parlamentares presentes à reunião.
Mudança – A fórmula para o acionamento do gatilho da idade leva em conta mais de um cenário, mas ainda está sendo definido o intervalo que levará ao aumento. Atualmente, a expectativa de “sobrevida” para quem tem 65 anos é de 18 anos. De um ano para o outro, esse número chega a aumentar dois meses e meio.
Atualmente, no Brasil, é possível se aposentar por idade ou por tempo de contribuição. Pela regra, é possível se aposentar com 65/60 anos (homens/mulheres) se o trabalhador tiver pelo menos 15 anos de contribuição. Na aposentadoria por tempo de contribuição, não há idade mínima. A regra diz que é preciso ter 35/30 anos (homens/mulheres) de contribuição. Neste momento, o único consenso é com a relação aos 65 anos como idade mínima para homens e mulheres, com uma transição mais suave para mulheres e também para professores.
O projeto também eleva o tempo mínimo de contribuição (atualmente de 15 anos para a aposentadoria por idade) e vincula o pagamento integral do benefício a um período maior de contribuições. Uma das hipóteses é aumentar a contribuição mínima para 25 anos, sendo que, para ter direito à aposentadoria integral, serão necessários 50 anos de contribuição.
As novas regras valeriam para homens com menos de 50 anos e mulheres com menos de 45 anos. Acima dessa idade, os trabalhadores terão de trabalhar 40% ou 50% a mais no tempo que falta para a aposentadoria integral. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mortos, desempregados e bolsistas doaram R$ 41 mi para candidatos


14072016_Eleicoes_TSENa primeira eleição com restrições para doação eleitoral, um cruzamento de dados do Tribunal de Contas da União (TCU), feito a pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), identificou várias situações alarmantes.
 
Um dos casos que mais chamaram a atenção é o de um eleitoral doador de Goiás, sem renda declarada, que repassou R$ 19 milhões para a campanha de um candidato. Também foram descobertos 143 mortos que doaram, até o momento, R$ 272 mil. Há, ainda, 22.367 beneficiários do Bolsa Família que contribuíram para campanhas com R$ 22 milhões. O relatório ficou pronto na última segunda-feira.
 
A relação inclui, ainda, um professor universitário que doou R$ 600 mil para campanhas. O TSE vai encaminhar todos os dados para o Ministério Público e juízes eleitorais.
CNM

CNM envia ofício a deputados com posicionamento contrário a projeto de Lei de Responsabilidade Educacional


11032016_educacao_PrefSalesOliveiraSPA Confederação Nacional de Municípios (CNM) encaminhou nesta segunda-feira, 26 de setembro, ofício à deputada Gorete Pereira (PR/CE), presidente da Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei 7.420/2006, a Lei de Responsabilidade Educacional (LRE), e ao relator da matéria, deputado Bacelar (PTN-BA).

Apresentada em 2006, a proposta da LRE implica a definição dos insumos que constituem o padrão de qualidade da oferta da educação básica, o acompanhamento dos resultados de aprendizagem dos alunos e a responsabilização dos chefes do Poder Executivo pela oferta da educação de qualidade.

No documento enviado, a CNM se manifesta novamente contrária à aprovação do Projeto de Lei 7.420/2006, na forma do atual substitutivo, e favorável a elaboração de novo substitutivo, que corresponda à lei complementar prevista no parágrafo único do art. 23 da Constituição Federal, para fixar as normas de cooperação entre a União e os Estados, o Distrito Federal e os Municípios na oferta da educação.

A CNM reconhece o trabalho do relator e seu esforço para aprimoramento da proposição, mas destaca que a principal preocupação da entidade diz respeito à possibilidade de responsabilizar direta e exclusivamente o chefe do Poder Executivo pela qualidade da educação da rede da Educação Básica, evidenciadas por metas aferidas por institutos oficiais de avaliação educacionais.

Para esta entidade, é inadequado responsabilizar governadores ou prefeitos sem uma melhor definição das responsabilidades de Estados, Municípios, Distrito Federal e, principalmente, da União quanto à educação.

Ações da CNM
A Confederação continuará acompanhando de perto a tramitação do PL 7.420/2006, com a preocupação de que a LRE venha a contribuir para a melhoria da qualidade da Educação Básica, e não para criar responsabilizações aos chefes do Executivo sem consequências práticas na oferta da educação escolar brasileira.
CNM

Homens são mortos enquanto se preparavam para levar urnas na PB


Dois homens morreram após serem baleados enquanto tiravam bancos de uma van na madrugada desta quinta-feira (29) na cidade de Aroeiras, no Agreste paraibano. De acordo com as primeiras informações do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), as vítimas estavam preparando o veículo para levar urnas eletrônicas para locais de votação.
Ainda conforme a polícia, o caso aconteceu por volta das 4h30. O dono da van tinha sido contratado para fazer o transporte das urnas e contava com a ajuda de outro homem. As primeiras informações dão conta que dois homens em uma motocicleta se aproximaram e atiraram nas vítimas.
O proprietário da van morreu no local e o ajudante ainda chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Geral de Queimadas, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. A Polícia Militar informou que até as 8h30 fazia buscas na região, mas não há informações sobre a motivação e nem sobre a autoria.

Do G1 PB

TRAPALHADAS DOS MINISTROS: Temer vai restringir acesso de jornalistas a setores do Palácio do Planalto

Michel Temer proíbe acesso da imprensa ao andar dos gabinetes dos ministros Eliseu Padilha e Geddel Vieira Lima, onde acontecerão reuniões sobre a reforma da Previdência
michel-temer-agencia-brasil-2
A partir de terça-feira (27), o acesso de jornalistas ao 4º andar do Palácio do Planalto foi restrito. Repórteres só poderão circular pelo local acompanhados por funcionários da Secretaria de Comunicação. É neste espaço em que acontecerão discussões estratégicas, como a da reforma da Previdência.
No início de seu governo, Michel Temer havia liberado o acesso a jornalistas, inclusive ao 3º andar do Planalto, onde fica o gabinete presidencial. Entretanto, com a discussão da reforma, uma das principais pautas desde que foi empossado, a restrição ao local voltou e chegou também ao piso dos gabinetes de dois importantes ministros, o da Casa Civil (Eliseu Padilha) e o ministro da Secretaria de Governo, um dos principais articuladores políticos de Temer (Geddel Vieira Lima).
Os bastidores do Planalto sugerem que a proibição já estava sendo analisada e que se tornou efetiva justamente com a aproximação da discussão de pautas-bombas, a começar pela Previdência. O governo quer impedir que jornalistas abordem os envolvidos no debate do plano logo na saída dos gabinetes, evitando antecipar qualquer informação que ainda não tenha sido definida de forma integral.



Fonte: Agência Brasil

Anitta posta no foto sem calcinha nas redes sociais e é detonada


Nesta quarta-feira (28), a cantora Anitta decidiu usar seu perfil no Instagram para postar um foto bem ousada.
Na piscina, a funkeira apareceu com um look vazado, sem a parte de baixo, que acabou causando alvoroço na rede social.
Além de muitos elogios, parece que alguns fãs da funkeira não gostaram da foto: “Coloca uma melancia na cabeça”, escreveu um seguidor. “Para ganhar a grana bastaria cantar o que faz muito bem, agora apelar assim não sei o porque, necessidade de que?”, disparou outro. “Ela quer aparecer de qualquer jeito, não pode cantar nem falar aí faz isso,aproveita que ta de molho e faz outra plástica ohh Michael Jackson”, criticou um terceiro.
A imagem já teve mais de 90 mil comentários, até o momento.
Créditos: Notícias ao Minuto Brasil

Mulher publica desabafo no Facebook após policial tentar prendê-la por amamentar em público


001
Savannah Shukla estava com a família num supermercado quando seu filho mais novo, um pequeno bebê de apenas 1 mês de idade, deu sinais de estar com fome. Como toda mãe, a mulher da Georgia, nos Estados Unidos, resolveu amamentar a criança. O que ela não esperava era que um policial ameaçasse prendê-la por fazê-lo.
Hoje à noite, enquanto eu estava no supermercado com a minha irmã e meus dois filhos, o mais velho de 20 meses de idade e o mais novo com apenas 1 mês de idade, fui abordada por um policial enquanto estava amamentando as crianças. Ele me informou que eu precisava me cobrir por que alguém poderia achar a exposição ‘ofensiva’“, escreveu a mulher no Facebook, numa mensagem que já foi compartilhada mais de 13 000 vezes em apenas um dia.
Eu disse a lei para ele, afirmando que no estado da Georgia eu posso amamentar onde eu achar mais confortável e que eu estava autorizada a estar ali. Ele então fica ainda mais frustrado e retruca: ‘Não senhora, este não é o caso nesta situação’. Eu continuo dizendo: ‘Não, eu conheço as leis’“, explicou a mulher, afirmando que a lei do estado americano permite que mulheres alimentam as crianças onde se sentirem mais confortáveis.
003
O policial, no entanto, ficou irritando com a resposta de Savannah: “‘Você ACHA que conhece as leis mas, se seu mamilo for exposto, eu realmente não quero prendê-la por ser ofensiva, e você não quer ser presa por este motivo. Esta situação não é como a primeira emenda, onde você pode dizer algo ofensivo’“, retrucou o policial para a mãe de duas crianças, ameaçando prendê-la.
Novamente repito o que a lei do estado da Georgia diz e digo que, se alguém acha o ato de amamentar ofensivo, então há algo de errado com essas pessoas. Ele me diz novamente que eu ‘acho’ que conheço a lei. Ele também disse que ‘já viu a minha aureola’ e que, se alguém visse o meu mamilo (mesmo se eu tentasse escondê-lo), ele teria que me prender e que ele ‘realmente não gostaria de me autuar’. Para ele ver a minha aureola, ele precisaria estar olhando com MUITA dedicação“, explicou a mulher. Confira o desabafo: 
05
Finalmente perdi a paciência e sai de perto dele, desejando uma boa noite. Na sequência, eu fui até o meu carro e fiquei chorando sobre o assunto, e eu continuo fazendo isso até agora. Eu gostaria de agradecer à assistente de advogados April, que me defendeu, tirou esta foto e pegou o nome do policial para mim“, revelou a mulher na mensagem, dizendo que foi ajudada por uma jovem que passava pelo local.
Savannah também afirmou que irá reportar o comportamento do homem para os superiores da corporação: “Estou tão chateada com esta situação e eu consigo entender por que este tipo de abuso acaba provocando que as mães parem de amamentar em público. Eu vou reportar o que aconteceu para os superiores deste oficial amanhã pela amanhã por que se ele fez isso comigo, ele definitivamente fará com mais alguém. E quem vai saber se ele já não o fez anteriormente?”, finalizou na mensagem.
002
O xerife da cidade, John T. Darr, soube do incidente após o desabafo da mãe no Facebook, e usou a rede social para se pronunciar sobre o caso: “Eu entendo completamente e aprecio o direito da mulher de alimentar seu bebê onde se sentir mais confortável. Essa também é a lei do estado da Georgia“, explicou o oficial. Ele também se desculpou pelo comportamento do policial. “Nosso departamento não consente com essas atitudes e vai se certificar de que todos os policiais conheçam e entendam a lei“, explicou.
Créditos: VEJA SP

Compartilhe esta notícia

Polícias Federal e Militar farão reforço nas eleições municipais de Princesa Isabel


A Polícia Militar inicia nesta quarta-feira (28) a operação Voto Seguro, que vai atuar na guarda das urnas eleitorais, segurança dos locais de votação e reforço do policiamento nos municípios, durante as eleições do próximo domingo (2), em todo o Estado.
Para isso, serão utilizados 7.482 policiais e 1.200 viaturas (entre carros e motos). A operação se prolonga até a segunda-feira (3). De acordo com o plano de segurança da PM, serão montados três centros de comando e controle nas cidades de João Pessoa, Campina Grande e Patos, onde oficiais da corporação e integrantes de outros órgãos envolvidos no pleito vão acompanhar em tempo real todas as atividades de segurança da operação.
O embarque das tropas que vão reforçar a segurança em outras cidades começa nesta quarta-feira (28), às 8h, com mais de 250 policiais saindo do Centro de Educação da PM, em Mangabeira, na capital, com destino às cidades da região de Cajazeiras e Sousa. Na quinta-feira (29), no mesmo horário e local, embarcam mais 220 policiais para outras cidades do Sertão, a exemplo de Patos, Princesa Isabel, Itaporanga e Catolé do Rocha. No mesmo dia, às 14h, acontece o embarque dos policiais que vão atuar no Agreste, Brejo e Cariri do Estado. A Federal já está na cidade de Princesa Isabel para atuar na fiscalização de compra de votos, abuso de poder ou quaisquer outras irregularidades relativas ao pleito eleitoral. O coordenador do Estado Maior Estratégico da Polícia Militar, coronel Jarlon Cabral, disse que no sábado (30) a PM já estará pronta para receber todas as urnas e começar efetivamente as ações para o dia do pleito.
Ao todo, 172 cidades vão receber reforço para a segurança das eleições. A operação Voto Seguro vai até o início da manhã da segunda-feira (3), após as comemorações nos municípios.
SB com PBMais

Lewandowski diz que impeachment foi “tropeço na democracia”


rl
Durante aula na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, na Universidade de São Paulo (USP), onde leciona, o ministro do STF também criticou a reforma no Ensino Médio do governo Temer: “Reforma do Ensino Médio por medida provisória? Alguns iluminados se fecharam num gabinete e decidiram ‘Vamos tirar educação física, artes’. Nem projeto de lei foi. Não se consultou a população”, afirmou.
Lilian Primi, da Caros Amigos – Nesta segunda-feira (26), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, durante aula na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, na Universidade de São Paulo (USP), onde leciona, classificou o impeachment da presidenta eleita Dilma Rousseff como um “tropeço na democracia”.
“Esse impeachment, todos assistiram e devem ter a sua opinião sobre ele. Mas encerra exatamente um ciclo, daqueles aos quais eu me referia, a cada 25, 30 anos no Brasil, nós temos um tropeço na nossa democracia. Lamentável”, afirmou. Lewandowski disse ainda que os universitários talvez possam garantir um futuro melhor: “quem sabe vocês, jovens, conseguem mudar o rumo da história”.
Além disso, o ministro também comentou, no âmbito jurídico, sobre as mudanças na educação propostas pelo governo de Michel Temer. “Reforma do Ensino Médio por medida provisória? Alguns iluminados se fecharam num gabinete e decidiram ‘Vamos tirar educação física, artes’. Nem projeto de lei foi. Não se consultou a população”, ressaltou.

Temer recua e pode nem propor reforma trabalhista


temer
Diante de grandes debates e negociações no Congresso pela aprovação da proposta do teto dos gastos públicos e da reforma da Previdência, o governo Temer já cogita sequer apresentar uma reforma trabalhista, como esperava o mercado; o discurso do Planalto tem sido o de que as leis trabalhistas, no caso a CLT, precisam ser "modernizadas", a fim de se priorizar os acordos, mas agora acredita que pode não se envolver nesse tema, uma vez que o Congresso já tem propostas nesse sentido.
JoséduarteLima

As primeiras do dia

Tião Lucena

 Meus amigos e minhas amigas, não vou aqui tomar informações à Polícia Militar, tampouco citarei número porque número é coisa precisa e a imprecisão toma conta da gente vendo uma imagem como esta aqui reproduzida. Deixo a critério de vocês a avaliação. A foto é da Girassoca de Cida e Ricardo Coutinho, ontem à noite, na Avenida Epitácio Pessoa. Um volume de público assim é comum se ver no desfile das Muriçocas. Só que na Girassoca não havia cantor famoso, banda famosa ou coisa semelhante. Apenas um trio elétrico tocando música de campanha e o povão, pé no chão, caminhando,dançando e entoando a música da candidata.


Eu vi.
**
Se bem que houve muita gente também no evento de Luciano Cartaxo, em Mangabeira, que contou com o reforço do senador Cássio Cunha Lima, ate então arredio à campanha do seu aliado aqui em João Pessoa. Também não falarei de números, tampouco apelarei para a PM,deixando, como deixei antes,a avaliação a cargo do atento leitor.
**
Alysson Filgueiras, um dos advogados da coligação comandada em Campina Grande pelo deputado Veneziano Vital do Rego, liga para esclarecer que os processos movidos contra a jornalista Simone Duarte decorrem da sua posição partidária, ou seja, de ter colocado seu blog à disposição da campanha de Romero Rodrigues e para difamar, durante as 24 horas do dia, o candidato Veneziano e a sua prole.
**
O candidato Ricardo Pereira encerra sua campanha, hoje, em Princesa, com um comício na Praça Epitácio Pessoa, em frente a casa do deputado Aloysio Pereira.
**
Raquel Shehezarade quer processar a jornalista da Record que encheu a rua de que ela estaria de romance com Danilo Gentilli: “Declaração totalmente mentirosa, maldosa e descabida.Somos amigos, colegas de trabalho e defendemos valores parecidos. E isso é tudo.”

Pior pra Gentilli,que não está namorando a bela.
**
Raimundo Lira foi a Bananeiras ajudar na campanha do candidato do PMDB  a prefeito, Matheus Bezerra. O comício realizou-se no centro da cidade e juntou um monte de gente.
**
E os bancários decidiram continuar com a greve. Já falta dinheiro em alguns caixas eletrônicos,envelopes para depósitos faltam desde o início do movimento, caixas estão quebrados,desligados, sem serventia. Isso é um cabaré de Anáia.
**
E o fumo entrando.
**
E a nêga gemendo e achando bom.
**
Eu acho é pouco.
**
Mais tarde eu volto.

Taxa de juros do cheque especial bate novo recorde: 321,1% ao ano

Aryel Aquino 
Dinheiro
A taxa de juros do cheque especial subiu em agosto. De acordo com informações do Banco Central (BC), divulgados nesta quarta-feira (28), em Brasília, a taxa do cheque especial subiu 2,7 pontos percentuais, de julho para agosto, e chegou a 321,1% ao ano, estabelecendo novo recorde na série histórica do BC, iniciada em julho de 1994.
Neste ano, a taxa do cheque especial já subiu 34,1 pontos percentuais em relação a dezembro de 2015, quando estava em 287% ao ano.
Outra taxa de juros alta é a do rotativo do cartão de crédito. Em agosto, na comparação com o mês anterior, houve alta de 3,5 pontos percentuais, com a taxa em 475,2% ao ano. Neste ano, essa taxa já subiu 43,8 pontos percentuais. O rotativo é o crédito tomado pelo consumidor quando paga menos que o valor integral da fatura do cartão. 

Voto nulo não invalida eleição, diz cientista político

Aryel Aquino 
urna eletrônica
Uma das principais dúvidas que aparecem na época das eleições diz respeito aos votos nulos. Muitos eleitores acreditam que se mais de 50% dos eleitores votarem nulo a eleição é invalidada e, embora a afirmação não seja verdadeira, é recorrente a cada eleição, aparecendo em publicações de redes sociais e conversas com amigos, causando confusão.
“Isso de que se mais de 50% do eleitorado votar nulo a eleição será anulada é puro folclore”, explica o cientista político e professor da Universidade de Brasília (UnB) Flávio Britto.
Na verdade, tanto os votos nulos quanto os votos brancos não são levados em conta na apuração que dá o resultado da eleição. Por isso, mesmo que haja mais de 50% de votos nulos, o pleito não será anulado, uma vez que os votos considerados válidos serão somente os recebidos pelos candidatos e os chamados votos de legenda.

Candidato é morto a tiros e vice-governador de Goiás é baleado em carreata

O ex-prefeito e candidato à prefeitura José Gomes da Rocha (PTB), o Zé Gomes, foi morto a tiros durante carreata eleitoral nesta quarta-feira (28) em Itumbiara (GO), cidade a 204 quilômetros da capital. O vice-governador de Goiás, José Eliton (PSDB), participava do ato e também foi baleado. O advogado da prefeitura de Itumbiara, Célio Rezende, também foi atingido. 
 
O crime aconteceu por volta das 18h, quando o carro que levava o candidato e o governador em exercício passava pela avenida Modesto de Carvalho, próximo ao bairro Novo Horizonte. O autor dos disparos e um policial militar morreram minutos depois do atentado em tiroteio.
O servidor público Gilberto Ferreira do Amaral, 53, disparou contra a carreata. É possível ouvir os tiros na avenida repleta de motociclistas, que acompanhavam a carreata com bandeiras. 
José Gomes da Rocha (PTB) foi morto durante carreata
 
José Eliton levou dois tiros na região abdominal. O vice-governador passou por uma cirurgia e não corre risco de morte. Ele foi levado de helicóptero a Goiânia, e será internado no Hospital de Urgências Doutor Otávio Lage de Siqueira. Célio Rezende está sendo transferido para o mesmo hospital que atende o governador em exercício. 
 
O atirador era auxiliar de serviços gerais da Secretaria Municipal de Saúde de Itumbiara. No crime, ele usou uma pistola 40 mm. O cabo da Polícia Militar que morreu no tiroteio, Vanilson Rodrigues, fazia a segurança do evento. (COM-UOL)