Pages - Menu

GASTOS:60% dos municípios acima ou no limite dos gastos

Chegou para milhares de prefeituras em todo o país a conta pela era dos gastos descontrolados. Uma ampla maioria de municípios brasileiros não tem como pagar as inchadas folhas de funcionários e nem sabe como conseguir dinheiro.
Para perceber o tamanho da crise do país, basta ver a situação dos municípios: 60% ou já estouraram ou estão para estourar o limite de gastos com pessoal permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal
São milhares de prefeituras em apuros para pagar os salários dos funcionários públicos, e os prefeitos têm motivo para estar pessimistas: com a queda na arrecadação do governo federal, o repasse do fundo de participação dos municípios, que é a única fonte de receita para a maioria deles, deve ser 13% menor que a previsão do início do ano.
BlogdoCasusa

Seleções dos EUA e Rússia chegam a JP nesta quinta para treinar para as Olimpíadas do RJ



27.03.15 vila olimpica_fotos_walter rafael (1)

A delegação da Alemanha de saltos ornamentais já está em João Pessoa para se preparar, na Vila Olímpica Parahyba, para as Olimpíadas do Rio de Janeiro. O equipamento esportivo do Governo do Estado também servirá como fase final de treinamentos da seleção dos Estados Unidos de saltos e ainda da Rússia, de nado sincronizado, que desembarcam na capital paraibana, nesta quinta-feira (28).
Os atletas alemães seguirão para Rio de Janeiro no dia 1º de agosto, juntamente com os americanos. Já as russas do nado ficarão treinando em João Pessoa até o dia 10 de agosto. “Depois que foi reformada, em 2015, já é a segunda vez que a seleção da Alemanha vem treinar na Vila, assim como a da Rússia. Já a dos Estados Unidos, vem pela terceira oportunidade”, lembrou Antônio Meira, representante da Paraíba da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).
Para o secretário de Estado da Juventude, Esporte e Lazer, Bruno Roberto, a Paraíba é modelo para as seleções estrangeiras devido ao moderno complexo esportivo. “O complexo esportivo da Vila Olímpica é mais uma grande prova de quanto a Paraíba serve de exemplo, pois essas seleções possuem vários integrantes que já foram campeões olímpicos”, destacou o secretário.
Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro terão início no dia 5 de agosto com duração de duas semanas. Ao longo de história da competição, três paraibanos conquistaram medalhas: Mazinho (futebol), em Seul, no ano de 1988; José Marco (vôlei de praia), na edição de Sidney, em 2000; e ainda Hulk (futebol), em Londres 2012.
ParaíbaJá

Saiu na Coluna de hoje do blog do Finfa:

Adolescente de 13 anos é vítima de abuso sexual

Menina
A adolescente de 13 anos que denunciou ao Conselho Tutelar de Ipiguá (SP) ter sido vítima de abusos sexuais cometidos durante meses por políticos, médico e empresários da região falou com exclusividade para a TV TEM, na terça-feira (26), sobre o trauma pelo qual passou. “Eu me sinto um lixo, então, para mim eles são podres”, diz.
A promotoria da Infância e Juventude de São José do Rio Preto (SP) investiga o caso de exploração sexual e também a aliciadora, que seria namorada de Abner Calixto, acusado de matar o delegado Guerino Solfa Neto, em junho, em Rio Preto.
Ela conta que a mãe usa drogas e a expulsou de casa no começo do ano. Por isso, foi morar na casa do namorado, em Ipiguá, cidade com cerca de 5 mil habitantes. Mesmo com o fim do relacionamento, ela continuou na casa, mas foi obrigada pela mãe do rapaz a fazer programas como forma de pagamento pela moradia.
“Ela disse: ‘Não vai dar para você comer nas minhas costas, bebendo, vivendo as minhas custas não’. Aí eu falei: ‘Mas eu não trabalho, o que você quer que eu faça?’ Ela pegou e falou assim: ‘Você vai se prostituir junto comigo’. Aí eu pensei: ‘vou morar na rua’, fiquei sem chão. Então, aceitei a proposta dela”, afirma.
Segundo a adolescente, os encontros eram marcados pelo celular da aliciadora. A maioria dos encontros teria acontecido em um motel às margens da BR-153, entre Onda Verde (SP) e Ipiguá.
A aliciadora tem 38 anos e também faz programas, de acordo com a menor. De acordo com a investigação, ela é namorada de Abner Calixto, o acusado de matar o delegado Guerino Solfa Neto, em junho. Ele cumpria pena por outros crimes no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Rio Preto quando começou a ter um caso com ela.
A adolescente conta que quando descobriu o envolvimento do namorado da aliciadora com a morte do delegado, ficou assustada e disse que queria ir embora, mas foi agredida. “Falei que não quero fazer mais e ela começou a me agredir, disse que não ficaria mais na casa dela. Aí saí nervosa da casa e resolvi pedir ajuda”, afirma.
A adolescente disse ainda que os clientes arranjados pela dona da casa pagavam de R$ 50 a R$ 200 por encontro e que a exploração sexual aconteceu durante quatro meses. “Às vezes eles me pegavam em frente de casa, às vezes pegavam no trevo de Onda Verde ou indo para Rio Preto, para ninguém saber mesmo”, diz a menor.
Lista de clientes
O juiz da Vara da Infância e Juventude, Evandro Pelarin, já está com a lista dos supostos homens que pagaram para abusar sexualmente da adolescente. A lista tem médico, advogado, empresário, político e funcionário público. “Preocupa muito a situação, por isso que precisamos de uma investigação concreta porque há nomes de pessoas influentes na cidade, como político, comerciante e médicos da região”, afirma André Luiz de Souza, promotor da Infância e Juventude.
O juiz disse que pedirá a prisão de quem tentar obstruir a investigação. “Muito importante dizer que se houver manifestação dos suspeitos em chegar perto da menina, vamos entender como ameaça à investigação porque o caso é sério. A medida cabível de quem obstruir a investigação será a prisão”, afirma.
Uma moradora da cidade levou o caso para o Conselho Tutelar, que denunciou à Vara da Infância e Juventude. A promotoria vai encaminhar o caso para o Grupo de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público. “Juntamos os documentos necessários para analisar a questão e proteger a adolescente, que, aliás, já está protegida”, diz o promotor.
G1

Prefeito de Nova Olinda é achado morto em matagal no interior doEstado do Ceará

prefeito
O prefeito de Nova Olinda, Ronaldo Sampaio, foi encontrado morto na tarde desta quarta-feira (27) em um matagal no limite com a cidade de Crato, no Sul do Ceará. De acordo com a Polícia Civil, o gestor foi achado enforcado em uma árvore na comunidade Sítio Zabelê.
Ronaldo Sampaio estava desaparecido desde a manhã desta quarta e o corpo foi encontrado por equipes de buscas dos bombeiros e polícias civil e militar. “Ele estava em um carro numa estrada com a secretária, parou o carro, disse à secretária que iria ao matagal e não retornou mais. Só foi localizado o corpo horas depois”, explica o policial militar Antônio Marcelo Alves.
A polícia afirma que ainda desconhece as causas da morte. Uma das hipóteses, segundo a Polícia Civil de Nova Olinda, é de que ele tenha cometido suicídio.
Afastamento e retorno
Ronaldo Sampaio havia sido afastado do cargo de prefeito durante a sessão do dia 20 de junho da  Câmara Municipal de Nova Olinda. Ronaldo Sampaio já havia sido afastado do cargo por decisão judicial em 10 de maio por um prazo de 120 dias. O prefeito recorreu da decisão, e em 17 de junho, conseguiu retornar ao cargo  por decisão monocrática da presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-CE), desembargadora Iracema do Vale.
Em 22 de julho, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar determinando a suspensão do afastamento de Ronaldo Sampaio.
De acordo com Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público do Ceará (MPCE), Sampaio contratou a namorada como funcionário “fantasma”. Além do prefeito, outras quatro pessoas são investigadas pela prática de improbidade administrativa
A denúncia sobre a contratação de funcionários fantasmas foi feita pela ex-servidora do município Wildiane Bezerra. “Eu procurava nas folhas de pagamentos e ela [Viviane Chaves] não constava. Mas no portal da transparência já constava”, afirmou.
Camilo Santana lamenta
Em mensagem publicada no Facebook, o governador do Ceará, Camilo Santana, lamentou a morte do gestor de Nova Olinda.
“Recebi com profundo pesar a notícia da morte do prefeito de Nova Olinda, Ronaldo Sampaio. Expresso minha solidariedade aos familiares, amigos e à população de Nova Olinda neste momento de dor”, registrou Camilo.
G1

Com cenas quentes, Anitta lança vídeo clipe com o cantor colombiano Maluma

Anitta 1
Repleto de cenas sensuais protagonizadas por Anitta e Maluma, o clipe lembra um pouco a estética de “Work”, de Rihanna em parceria com Drake, de quem a brasileira é fã declarada. O vídeo mescla cenas de Anitta dançando sensualmente em uma balada, com a coreografia da música “Sim ou Não” e alguns momentos em que ela divide uma espécie de trono sentada no colo do cantor colombiano.
Além da dança provocativa, os dois cantores chegam até a trocar um selinho e um beijo mais quente durante o videoclipe. Assim como o remix que Aniita gravou no início do ano com J. Balvin, a letra de “Sim ou Não” mistura português e espanhol.


A direção do clipe ficou a cargo do porto-riquenho Jessy Terrero, que já fez trabalhos para nomes como Jennifer Lopez, Ricky Martin, Enrique Iglesias, Anahí e o rapper 50 Cent. Além de videoclipes, Terrero também dirigiu vários filmes, como “Assassinos de Aluguel”, de 2012, com Robert De Niro e Forest Whitaker no elenco.
Investindo na carreira internacional, essa é a segunda parceria de Anitta com um cantor colombiano. A primeira aconteceu em fevereiro, quando ela gravou um remix do reggaeton “Ginza”, sucesso de J. Balvin. A cantora, no entanto, não interage nem aparece ao lado de J. Balvin, já que a sua participação na música foi gravada só depois que o hit já estava estourado na América Latina.
Bol

Curtinhas da 'Fogueira Política'

Foto de Geraldo Luiz.O mês de junho já está longe, mais a fogueira política continua acesa em Juru e nos municípios da região, onde os grupos montam suas estratégias partidárias com nomes para a disputa eleitoral de 2016. 
Veja abaixo algumas 'curtinhas':
> O rompimento de Edilson Flor com o prefeito Luis Galvão não teve a repercussão que ele esperava em seu favor. Aliás, nem os adversários do atual gestor se entusiasmaram com a notícia.
> Diante da falta de repercussão do rompimento político recentemente anunciado, o vice culpou o blog Juru em Destaque e o empresário Milton Miguel pelo insucesso da sua decisão.  
> Em reposta, como não poderia deixar de ser, o blog Juru em Destaque se manifestou em contrário a respeito do assunto e criticou a indecisão política do vice.
> Quanto ao empresário Milton Miguel, embora tenha preferido o silêncio como resposta, há quem diga que o mesmo não acompanhará a decisão política do seu sócio e apoiará o prefeito Luis Galvão .
> Por falar em vice, em Juru o assunto mais comentado da semana é a incerteza de quem serão os respectivos companheiros de chapa dos candidatos a prefeito Luis Galvão e Silvino.
> Há quem diga que tanto Eduardo Pires como Leôncio, empresários juruenses que têm os nomes mais lembrados como candidatos a vice dos dois principais concorrentes à prefeitura, teriam pendências judiciais que impediria que os mesmos conseguissem as certidões negativas exigidas pela Justiça Eleitoral para se candidatarem.
> De acordo com informações de uma confiável fonte da coordenação da campanha  à reeleição do atual gestor, o empresário Eduardo Pires já teria em mãos as certidões negativas necessárias para uma eventual candidatura, não havendo, portanto, nenhum impedimento relacionado ao seu nome.
> Quanto ao empresário Leôncio, possível candidato a vice de Silvino, ...
> Ainda segundo informações, familiares do empresário Eduardo Pires estariam insatisfeitos com os comentários de um determinado vereador que estaria disposto a questionar perante à Justiça Eleitoral se o mesmo é alfabetizado. Segundo esses familiares, na eleição anterior esse vereador teria contado com o apoio de Eduardo para se eleger.
> Embora a legislação eleitoral em vigor não permita divulgar números de pesquisa não registrada perante o TRE, mesmo fora da disputa eleitoral desse ano os nomes do ex-prefeito Dr. Toinho e da ex-vereadora Maísa Alves figuram, de forma espontânea, entre os mais citados nas pesquisas encomendadas para consumo interno que o blog teve acesso. 
GeraldoLuizLeite

PAPA FRANCISCO: 'MUNDO ESTÁ EM GUERRA DEVIDO A PERDA DA PAZ'



Papa: ‘Mundo está em guerra’
O Papa Francisco advertiu nesta quarta-feira que o mundo está em guerra devido à perda da paz, em declarações a bordo do avião que o levou a Cracóvia, na Polônia, no dia seguinte ao assassinato de um padre na França por dois extremistas.
“Fala-se tanto de segurança, mas a palavra verdadeira é guerra. O mundo está em guerra porque perdeu a paz. Quando falo de guerra, falo de uma guerra de interesses, de dinheiro, de recursos, não de religiões. Todas as religiões querem a paz”, afirmou na viagem que o leva a Cracóvia para a Jornada Mundial da Juventude.
“Depois de muito tempo, o mundo está em uma guerra fragmentada. A guerra que foi a de 1914, depois a de 39-45, e agora esta. Ela pode não ser a mais orgânica, mais organizada, mas é a guerra”.
Istoé

Candidatas a Miss Bumbum 2016 posam de topless e com ‘tocha olímpica’

MISS BUMBUM TOCHA2
As 18 beldades, das 27 que vão concorrer ao título de 2016, fizeram ensaio de biquíni no litoral paulista, nesta terça-feira, 27, em clima de Olimpíada.
Sim, o Brasil inteiro está em clima olímpico. E com as candidatas ao Miss Bumbum 2016 não seria diferente. As 18 beldades, das 27 que disputam o título de bumbum brasileiro mais concorrido, posaram com réplicas da Tocha Olímpica em imagens de divulgação do concurso clicadas nesta quarta-feira, 27, no litoral paulista. Para apimentar as fotos, a tradicional pose com o bumbum virado e de topless não ficaram de fora.
Para o criador do Miss Bumbum, Cacau Oliver, a edição de 2016 tem tudo para, mais uma vez, dar o que falar. “Essa será a edição mais concorrida. Temos, além da tradicional, a faixa para melhor idade, com mulheres acima de de 50 anos”, conta Cacau que também é jornalista.
A largada oficial para o Miss Bumbum 2016 será no dia 8 de agosto, com a tradicional corrida com as 27 representantes dos estados brasileiros na Avenida Paulista. O concurso, que foi criado em 2011, está em sua 6ª edição e para este ano aposta nos mais variados perfis de mulheres.
EGO

Senador teria espancado estudante com quem ele vivia maritalmente



Telma--rio-Mota
No último dia de 2015, a estudante universitária Maria Aparecida Nery de Melo, 19, procurou a Polícia Civil em Boa Vista (RR) para registrar um boletim de ocorrência contra um homem que, segundo ela, a espancara com chutes e socos com tal violência que a levara ao desmaio.
Ela disse que viveu maritalmente com o suposto agressor por cerca de três anos e meio e agora estava “sofrendo ameaças de morte”. Pediu as “devidas providências” à delegacia.
Titular da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), a delegada Verlânia Silva de Assis disse que ficou caracterizada “violência contra a mulher” e que as agressões foram confirmadas por exame de corpo de delito que apontou “múltiplas lesões”. “É complicado você imaginar que alguém se lesionaria para prejudicar alguém”, disse a delegada.
O exame apontou “lesões na cabeça, boca, orelha esquerda, região dorsal, braço direito e joelho esquerdo”.
Seria mais uma ocorrência a se somar ao cotidiano de violência contra a mulher em Boa Vista não fosse por uma particularidade. O denunciado é um dos homens mais poderosos de Roraima: o senador Telmário Mota (PDT), 58.
Ele negou ter agredido a garota e ter mantido relacionamento amoroso com ela. “Não teve negócio de agressão, não existe isso, em nenhum momento, até porque não tenho nada com ela”.
Em novembro, o senador foi à tribuna para sugerir a “agilização” de “todos os projetos de lei e outras proposições que digam respeito ao combate à violência contra a mulher e coloque na cadeia os agressores valentões”.
De acordo com o boletim de ocorrência, Maria indicou que as agressões ocorreram após acesso de ciúmes do senador durante um encontro com a família de Maria. Ele não teria gostado de cumprimentos dados a Maria por familiares. Então levou-a a um quarto, onde teriam ocorrido as agressões.
Maria disse que teve a boca tapada para que a família não ouvisse seus gritos ou pedidos de socorro.
Ela narrou ter sido chutada quatro vezes no chão e empurrada contra a parede. Disse que o parlamentar passou a lhe dar murros na cabeça, o que a teria feito desmaiar.
Ao acordar, por volta das 4h, disse que conversou com os familiares para saber o que fazer. Cinco dias depois, decidiu prestar queixa.
Duas atitudes de Maria chamaram a atenção dos policiais civis. Dias após o registro da ocorrência, ela procurou a delegada Verlânia para tentar “retirar” a queixa.
A delegada, porém, disse que isso era impossível porque as denúncias de agressões contra a mulher são consideradas ações “incondicionadas”, ou seja, independem da vontade da vítima.
Em seguida, no dia 22 de janeiro, Maria destituiu por escrito o advogado que a acompanhou no registro da ocorrência, Thiago Santos.
Segundo o defensor, a cliente não explicou os motivos da sua decisão. O advogado afirmou: “Não tenho dúvida sobre os fatos narrados na primeira oportunidade que procuramos a polícia. Ela contou a verdade”.
Procurada ao longo de dois dias em Boa Vista na semana passada, Maria não deu resposta a pedido de entrevista.
Como Telmário detém foro privilegiado no Supremo Tribunal Federal, a delegada encaminhou os autos à Procuradoria da República em Roraima. Em 31 de maio, o caso foi enviado ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que abriu um procedimento preliminar interno.
A reportagem apurou que a PGR já intimou, em 22 de junho, a defesa do parlamentar a se manifestar. Ao final dessa fase inicial de obtenção de informações, Janot decidirá se pede ou não ao STF a abertura de um inquérito.
Falando em tese, sem conhecer nomes e o caso, dois especialistas em direito penal, o professor Pedro Paulo de Medeiros e o promotor de Justiça Thiago Pierobom, coordenador dos Núcleos de Direitos Humanos do Ministério Público do Distrito Federal, confirmaram que decisões recentes do STF consolidaram o entendimento de que casos de agressão a mulheres são “incondicionados”, isto é, eventual recuo da vítima não tem o poder de impedir uma investigação.
OUTRO LADO
O senador Telmário Mota (PDT-RR) negou ter agredido Maria Aparecida Nery de Melo e ter mantido relacionamento amoroso com ela.
“Não teve negócio de agressão, não existe isso, em nenhum momento, até porque não tenho nada com ela. [Não agredi] nem ela nem mulher nenhuma. Fui criado pela minha mãe. Agora, macho, não. Macho vou pra porrada mesmo. Desafio [provar], 58 anos e nunca houve [agressão a mulher]. Desafio. Inventaram essa onda toda, essa conversa”, disse.
O parlamentar afirmou que iria procurar Rodrigo Janot para prestar informações.
Indagado sobre quem teria inventado as acusações, Telmário afirmou que seus “adversários” teriam tentado “usar” Maria. “Não tem nada, absolutamente nada contra mim em lugar nenhum.”
O parlamentar de Roraima descreveu Maria como “uma velha conhecida”. Indagado se ela havia trabalhado para ele, Telmário disse que não de forma “direta”. “Ela trabalhava. Era militante do PDT. Mas não trabalhava direto para mim, não. Militava, com os jovens lá.”
O senador disse que “nunca foi ouvido” pela polícia sobre o assunto. Apresentou uma “certidão” expedida pela Delegacia-Geral da Polícia Civil de Roraima que aponta “a inexistência de procedimento (inquérito policial, termo circunstanciado de ocorrência, boletim de ocorrência) tramitando ou arquivado em nome” de Telmário. O caso que trata do senador está sob análise em Brasília, não em Roraima.
Folha de S. Paulo

Prefeito de Princesa debocha da justiça após decisão que o manteve no cargo

Tião Lucena


Depois de comemorar com quitutes e bebidas finas a sua vitória no TRF em lauta mesa do Bar do Cuscuz, um dos mais caros da orla do Cabo Branco, o prefeito Domingos Sávio,de Princesa, debochou do juiz que o afastou do cargo e do procurador da república que pediu seu afastamento, sob a acusação de estar atrapalhando as investigações sobre o desvio de 1 milhão de reais de verbas federais enviadas à Prefeitura de Princesa para construção de PSFS.
Na entrevista concedida a jornalista Sabrina Barbosa, na Rádio Princesa, o prefeito disse que “além da justiça de Deus, que é a maior, existe ainda a justiça superior para corrigir os erros e os desacertos das justiças inferiores",numa clara referência ao juiz federal que o afastou do cargo e a quem chamou de “justiça inferior”.
Disse também que sofreu muito “ao ver amigos e cidadãos de bem presos por denúncias infundadas, por crimes que não cometeram”.
Por último anunciou a convenção tucana que escolherá Sidney Filho como candidato a prefeito e Rosane Bento como candidata a vice.
Relembrando
O afastamento do prefeito se deu a pedido do Ministério Público Federal, que o acusou de atrapalhar as investigações sobre o sumiço do dinheiro público mandado a Princesa para construção de PSFS. O G1 Paraíba noticiou o caso desse jeito:
Do G1 PB
Uma decisão cautelar da 11ª Vara da Justiça Federal na Paraíba determinou o afastamento imediato do prefeito de Princesa Isabel, no Sertão do estado, Domingos Sávio Maximiano Roberto (PSDB). A decisão foi divulgada pelo Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba na manhã desta quarta-feira (18). Segundo o MPF, o afastamento tem o objetivo de preservar a instrução processual da ação por improbidade administrativa ajuizada pelo órgão em outubro deste ano e deve perdurar por 180 dias ou até o fim da instrução. Durante este período, o cargo será ocupado pela vice-prefeita do município.

O G1 entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Princesa Isabel, mas as ligações não foram atendidas até as 12h (horário local). No dia 23 de outubro, na ocasião da denúncia por parte do MPF, a assessoria informou que a ação tramita em segredo de justiça e que o prefeito não iria se pronunciar sobre o fato até a conclusão do processo.
saiba mais
De acordo com o MPF, o prefeito sacou R$ 60 mil da conta de um convênio entre a prefeitura e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa). O recurso deveria ser usado na construção de obras de esgotamento sanitário, mas o prefeito teria utilizado no final da campanha eleitoral de 2012. Na ação, o órgão aponta que, para encobrir o ilícito e justificar a despesa, o gestor criou uma licitação falsa e informou ao Tribunal de Contas do Estado da Paraíba que o valor foi contabilizado como “serviços de recuperação de estradas vicinais”, obras que não foram executadas.
Conforme o documento, provas documentais e testemunhais indicam que houve o saque em espécie dessa quantia na véspera da eleição municipal, mediante cheques emitidos em favor da prefeitura e assinados pelo prefeito e pela secretária de Finanças do município. O MPF ainda explica que, após o saque, cópias do cheque atestando que eles haviam sido emitidos em favor de uma construtora foram arquivados na Secretaria de Finanças “com o intuito de maquiar a real destinação do dinheiro desviado”.
Além de Domingos Sávio,  também foram denunciados a secretária de Finanças do município e membros da Comissão Permanente de Licitação. De acordo com a Lei nº 8.429/92 (Lei de Improbidades), a pena prevista para o crime é de perda da função pública e suspensão dos direitos políticos, além de ressarcimento ao erário, com pagamento de multa. Não foi informado pelo MPF se a decisão de afastamento também afeta os servidores citados na ação.
Obra inacabada
A obra de saneamento citada na ação foi mostrada no dia 15 de outubro em uma das reportagens feitas pelo G1 sobre obras inacabadas na Paraíba. No caso de Princesa Isabel, o projeto de saneamento básico do município foi iniciado em 2008 e estava paralisado desde 2012.
Segundo a Funasa, já foram gastos R$ 3,79 milhões e nos relatórios da área técnica foram constatadas irregularidades na construção. À época, a prefeitura informou que os problemas encontrados foram sendo sanados conforme a obra era executada. Caso o projeto não seja concluído, a cidade pode ficar sem receber as águas da transposição do rio São Francisco.

Cunha faz churrasco de confraternização na residência oficial


Do Estadão Conteúdo
Do Estadão Conteúdo
A dez dias do fim do prazo de permanência na residência oficial da Câmara, o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) promoveu na tarde desta quarta-feira (27), um churrasco de despedida para funcionários da Casa.
Entre os convidados estão servidores do departamento de Polícia, responsável por acompanhar o peemedebistas nestes últimos meses. O convite de Cunha foi repassado na véspera para os servidores. “A Bernadete acabou de ligar na sala da COE convidando todos os agentes para um churrasco de confraternização que o ex-presidente Eduardo Cunha e sua esposa oferecerão para todos aqueles que com ele trabalharam, amanhã, a partir das 13:30 na residência oficial. Ele deseja a presença de todos”, diz o comunicado.
Cunha e a esposa Cláudia Cruz receberam os servidores nos jardins da residência, que fica no Lago Sul, bairro nobre de Brasília. A festa, embalada por uma cantora, contou também com a distribuição de bebidas alcoólicas.
Ao perceberem a movimentação de fotógrafos e jornalistas nas redondezas da residência, os convidados deixaram os jardins e foram fazer a confraternização dentro do imóvel. O prazo final para Cunha deixar a residência expira no próximo dia 6, quando se completam 30 dias de sua renúncia ao comando da Casa. Ele deverá se mudar para um apartamento funcional.
No início de agosto, logo após o fim do recesso do Legislativo, há a previsão de que seu processo de cassação seja lido em plenário. A votação será aberta e para que ele perca o mandato é necessário ao menos 257 votos dos presentes.

Hillary Clinton é primeira mulher a concorrer à Presidência dos EUA


Hillary
A ex-secretária de Estado Hillary Clinton passou a ser, ontem (26), a primeira mulher candidata à Presidência dos Estados Unidos por um grande partido. A oficialização da candidatura de Hillary foi feita no segundo dia da convenção nacional do Partido Democrata, no Centro Well Fargo, em Filadélfia, estado da Pensilvânia.
Em votação nominal, os democratas asseguraram a escolha de Hillary Clinton antes do fim da contagem, quando a candidata atingiu o apoio de 2.383 delegados, que é o mínimo necessário para um candidato ser nomeado pela convenção.
Ao longo da campanha, Hillary Clinton obteve o apoio de 2.807 candidatos e foi com esse número que ela chegou à convenção como favorita, sendo inclusiva apoiada pelo seu principal rival Bernie Sanders. Mas, durante a convenção, esse apoio chegou a ser questionado depois que um setor do partido, que apoia Bernie Sanders, ameaçou desafiá-la.
No primeiro dia da convenção, esse setor desafiador do partido chegou inclusive a vaiar a pré-candidata Hillary cada vez que seu nome era mencionado, e até elogiado, por Bernie Sanders.  O comportamento desses convencionais que se opuseram a Hillary chegou a preocupar a direção do Partido Democrata, que passou a apostar no discurso do ex-presidente Bill Clinton, e marido de Hillary, como forma de acalmar os ânimos.
A oposição desse setor do Partido Democrata se fortaleceu na semana passado, quando foram vazados os conteúdos de milhares de emails que mostram claramente o favorecimento da cúpula partidária a Hillary Clinton, em prejuízo de Bernie Sanders. A cúpula dos democratas porém pediu desculpas a Sanders e este apoiou Hillary durante a convenção.
Emoção no discurso
Em tom pessoal e emotivo, o ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, discursou ontem (26) na convenção nacional do Partido Democrata, enaltecendo as qualidades profissionais e pessoais de sua mulher, Hillary Clinton, para concorrer às próximas eleições presidenciais, em novembro deste ano. Ele advertiu aos eleitores que a Casa Branca, residência dos presidentes norte-americanos, não pode ser o local de moradia de Donald Trump, candidato do Partido Republicano. "A escolha certa é Hillary Clinton", disse Bill.
Dirigindo-se ao auditório -  surpreendentemente unido – depois de várias desavenças ocorridas no primeiro dia da convenção, Bill Clinton disse: "Hillary é a única qualificada para aproveitar as oportunidades e reduzir os riscos [que os Estados Unidos enfrentam]". Acrescentou que ela é a pessoa certa para tomar decisões que impliquem mudanças de políticas, em uma resposta às constantes críticas de Donald Trump de que a candidata democrata não é capaz de alterar os rumos das políticas adotadas até o momento pelo governo.
Ao contrário das acusações de Trump, Hillary fez, ao longo da campanha, várias promessas de que vai combater a desigualdade de renda, encaminhar medidas regulamentando a posse de armas e controlar Wall Street (o centro financeiro dos Estados Unidos).
Marco histórico
Ao oficializarem a candidatura de Hillary, que se tornou a primeira mulher a se candidatar à presidência dos Estados Unidos, os delegados do Partido Democrata, reunidos ontem (26) no centro de convenções Wells Fargo, na Filadélfia, no estado da Pensilvânia, tomaram uma decisão que se tornou um marco histórico. Na trajetória histórica de 240 anos da política norte-americana, as mulheres só alcançaram o direito de voto em 1920, depois da aprovação da 19ª emenda na constituição dos Estados Unidos.
Sem estar pessoalmente presente na convenção – ela se encontrava em Nova York -, Hillary Clinton fez ontem a seguinte declaração satélite aos participantes do evento: "Para algumas das meninas presentes [à convenção}, e que ficaram até tarde para assistir [ao evento], tenho o seguinte a dizer: eu posso me  tornar a primeira mulher presidente, mas uma de vocês pode ser a próxima".
Apesar da união dos delegados, no âmbito da convenção, do lado de fora havia protestos contra a escolha de Hillary Clinton para representar o Partido Democrata nas eleições presidenciais norte-americanas. Três pessoas foram presas.
Agência Brasil

Merval critica Temer por usar a família para um golpe publicitário


temer_golpe publicitário
O colunista Merval Pereira criticou o que chama de “golpe publicitário” do interino Michel Temer:
“Pois não é que o presidente interino, Michel Temer, resolveu usar a família para um golpe publicitário, e foi buscar o filho na escola, cercado de assessores e seguranças, e avisou a imprensa? O resultado foi um tumulto na frente da escola em Brasília, e um frustrado movimento para “humanizar” a imagem do presidente interino, que serviu apenas para mostrá-lo como político do velho estilo, que não recusa um papel desses para parecer bom pai”, diz.
“Qual o significado de ir buscar o filho diante das câmeras, se esse não é um ato cotidiano seu? É igual a chamar a imprensa para acompanhá-lo andando de ônibus, ou de trem, para ir a algum lugar. Se não pode repetir o gesto naturalmente no dia a dia, como fazem os ministros suecos, por que chamar a atenção para um fato anormal como se ele representasse um hábito de circular entre os populares, ou mesmo entre os pais dos coleguinhas de seu filho?”, questiona.
Brasil 247

Do Blog de Tião Lucena: Wilson Filho chama Cássio de desleal e diz que o acordão foi feito para derrotar Ricardo

wilson
Chateado com o que chamou de deslealdade do PSDB para com ele, já que, ao lado do pai, apoiou a candidatura de Cássio Cunha Lima ao Governo do Estado em 2014 e em troca recebeu um pé na cara, com a ida do PSDB para os braços de Luciano Cartaxo, o deputado federal Wilson Santiago Filho disse hoje que a aliança dos tucanos, do PSC e do PMDB em torno do prefeito da Capital não merece o seu apoio, “porque não foi feita pensando no povo e sim para derrotar Ricardo Coutinho”.
“Não estou participando, nem querendo, nem concordando com uma aliança que tem o único objetivo de derrotar o governador. Eu acho que isso não é uma aliança que deva ser construída nesse momento em que a gente vive num cenário turbulento, de crise política, da falta de credibilidade dos políticos. Nesse momento, a gente tem que dar bons exemplos, não construir uma aliança que o fundamento de criação dela deixa de ser a cidade e passa a ser derrotar Ricardo Coutinho, eu acho que isso é uma atitude muito ruim, é por isso que não entrei nisso aí”, explicou.
Blog do Tião Lucena