Publicidade

Dicas excelentes para pais desesperados


Little girl screaming © Ollyy / Shutterstock Little girl screaming © Ollyy / Shutterstock





Esses episódios de birra ,nos quais as crianças parecem não ter consolo, fazem que os pais se angustiem, acabem esgotados e sem saber o que fazer. Muitas vezes, o desconcerto os leva a optar por táticas desaconselháveis que podem transformar a raiva da criança em algo crônico.

O tema das birras é uma consulta frequente no que diz respeito a crianças de 2 a 4 anos; por isso, tem importância especial dentro da psicologia infantil.

Apesar do estresse que esse comportamento pode gerar nos adultos, é preciso destacar que faz parte de uma etapa maravilhosa, repleta de descobertas e aprendizagem. Por isso, os pais têm necessidade de instruir-se para aproveitar bem esta fase.

Por que as crianças fazem birra?

As birras são episódios de raiva e descontrole nos quais a criança pode jogar-se no chão, bater nos objetos ou jogá-los, gritar, chorar, inclusive machucar a si mesma ou o adulto que a acompanha.

Este comportamento surge por volta dos 2 anos de idade e, se os pais souberem lidar com ele, desaparecerá dentro do processo natural de desenvolvimento do pequeno – em geral se torna menos frequente até os 3 anos.

Analisar as birras é analisar a criança de 2 anos, com suas particularidades: nesta fase, a criança quer ter o controle de tudo, deseja mais independência do que suas habilidades e segurança permitem, e desconhece suas limitações. Quer tomar decisões, mas não sabe como agir direito e não tolera restrições.

Ao não saber expressar seus sentimentos verbalmente, exterioriza sua raiva ou frustração com o choro e a birra. Tal comportamento não é perigoso, e pode até ser útil à criança, mas os pais precisam saber lidar com ele.

Os principais fatores que desencadeiam as birras são:

- Desejo de independência

- Inconformidade diante de uma norma ou negativa

- Vontade de chamar a atenção

Guia para pais desesperados

Sendo este o comportamento típico da fase dos 2 anos, é importante aplicar uma série de estratégias que ajudam a controlar a situação. Se os pais souberem lidar com isso com naturalidade, os filhos ganharão doses importantes de autocontrole e atitude proativa diante da frustração.

Algumas recomendações:

- Não dar atenção à criança quando está fazendo birra. Não tentar acalmá-la. Não gritar nem bater nela. Mantenha a calma, demonstrando que quem tem o controle é você, o adulto.

Alguns especialistas recomendam isolar a criança enquanto faz birra, deixando-a em um lugar no qual não corra perigo, por um tempo curto (de 2 a 5 minutos), até que se tranquilize.

- Conservar regras, limites, normas, horários, ainda que não sejam do total agrado das crianças.

- Em hipótese alguma ceder aos caprichos das crianças. É preciso permanecer firme, ainda que o choro esteja esgotando sua paciência. Se você não fizer isso, estará ensinando seu filho a fazer birras para conseguir o que quer.

- Quando as birras acontecem em lugares públicos, com mais razão os pais devem demonstrar sua autoridade, pois estes cenários deixam os pais mais vulneráveis e, diante da pressão indireta do público, podem acabar cedendo. Se a criança vir firmeza nos pais, se tranquilizará mais rapidamente.

- Quando a criança se acalmar, é aconselhável abraçá-la, pegá-la no colo e conversar com ela, olhando sempre em seus olhos e adaptando-se à sua estatura; dizer-lhe o quanto você a ama, mas que não pode permitir esse tipo de comportamento.

Ainda que seja normal desesperar-se diante das birras infantis, lembre-se de que a criança se sente muito pior do que você ao ver-se com estas reações que não é capaz de controlar. Não hesite em demonstrar firmeza e lembre-se sempre: a palavra “não” também pode ser pronunciada pelo amor!

Obra publica que ainda seria entregue em Ibiara (PB) desmorona por inteiro neste sábado..


Uma obra publica (um portal) acabou desmoronando no incio da tarde deste sábado, 29, na cidade de Ibiara (PB).

A obra que fica localizada a pouco mais de 500 metros do centro da cidade, foi finalizada há poucos meses e ainda seria entregue a população ibiarense.

(Fato aconteceu neste sábado)
O projeto arquitetônico da obra mostrava um design muito arrojado, porém não se sabe ao certo se a causa do desmoronamento foi provocada pela qualidade dos materiais utilizados ou por ventos.
Devido hoje ser sábado, o Portal DiamanteOnline não conseguiu entrar em contato com a Prefeitura de Ibiara para apurar mais informações sobre as reais causas do desmoronamento da obra. A nossa reportagem ainda entrará em contato com o setor responsável para colher informações sobre o caso.

Do DiamanteOnline

Musa que parou a internet no Pan exibe novas tatuagens

A musa dos saltos ornamentais, Ingrid Oliveira, fez dois novos desenhos no corpo e compartilhou com seus fãs nas redes sociais. Uma das novas tatuagens foi a frase “Live your dreams” que, em português significa “viva seus sonhos” e foi escrita no pé.
Ingrid Oliveira deu o que falar durante o Pan de Toronto. A gata dos saltos ornamentais, considerada a musa do Brasil, arranca suspiros do público masculino com suas publicações nas redes sociais.


Dilma diz ter orgulho dos votos que recebeu no Nordeste


A presidenta Dilma Rousseff disse ontem (28), em Fortaleza, ter orgulho dos votos que recebeu na Região Nordeste. Ao participar de evento em Fortaleza, ela afirmou que desde os mandatos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governo federal olhou a região com “especial atenção” e que o seu governo tem um “compromisso fundamental com os nordestinos”.
Na capital cearense, Dilma participou de um evento de divulgação do Dialoga Brasil, site criado pelo governo, no mês passado, com o objetivo de receber sugestões da sociedade sobre programas federais e para criar um canal de comunicação com ministros de Estado. Durante o discurso, a presidenta repetiu algumas vezes o argumento de que, embora as pessoas e as regiões tenham características diferentes, as oportunidades para elas têm que ser iguais.
“Aqui no Nordeste tem uma diversidade imensa, uma riqueza imensa, fundamental para o nosso país crescer e virar nação desenvolvida”, afirmou. A presidenta disse ainda que algumas pessoas falam que ela só tem votos no Nordeste. “Eu muito me orgulho, e agradeço extremamente por ter recebido os votos nordestinos. Digo isso porque é um reconhecimento do esforço, primeiro de um retirante nordestino, que saiu daqui e foi para São Paulo. Foi por ele que começamos a olhar o Nordeste”, disse, referindo-se a Lula.
Durante o evento, que foi organizado em formato de um programa de TV, e ao lado de ministros do seu governo, Dilma voltou a dizer que o Brasil voltará a crescer. “Nós vamos voltar a crescer gerando emprego e renda, reduzindo inflação e, sobretudo, não vamos deixar que tudo que conquistamos, que programas que com tanta força construímos, tenham qualquer retrocesso”.
Ao citar programas que fazem parte de um “compromisso ético” do seu governo, como Mais Médicos, ProUni, Enem, e Fies, ela defendeu que eles foram feitos para garantir as mesmas oportunidades a pessoas com histórias de vida diferentes.
“Quando a gente faz o Minha Casa, Minha Vida, o que queremos é que as famílias que vivem em situação precária, hoje, [melhorem]. Tinha uma família com oito pessoas que viviam na rua e que teve acesso a uma moradia, uma casa, um lar. O que vai acontecer: essas crianças vão ter proteção, porque proteção começa tendo um teto, isso é da história da nossa espécie. Nós sempre procuramos nos abrigar”, afirmou.
Criado no fim de julho, o site Dialoga Brasil tem por objetivo estimular a participação das pessoas nas atividades governamentais. O site permite também que a população tenha a oportunidade de conversar com os ministros, em bate-papo online. Os internautas também poderão opinar sobre políticas do governo e sugerir a criação de novos programas.
A presidenta Dilma está fazendo viagens a cidades brasileiras com o objetivo de divulgar a plataforma. Ela já participou de eventos semelhantes no Recife e em Salvador. O site disponibiliza para discussão os itens saúde, educação, segurança pública, redução da pobreza e cultura. Os próximos temas que entrarão na plataforma são meio ambiente, esporte e cidades.
De acordo com o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Miguel Rossetto, as ideias e propostas encaminhadas pelos internautas serão analisadas pelo governo e poderão se traduzir concretamente em programas.
EBC

Superado o golpe, começa o campeonato de 2018

:
247 – Nesta sexta-feira (28), o cenário político começou a ficar mais claro, a partir de dois movimentos importantes. No PT, pela primeira vez, o ex-presidente Lula admitiu a possibilidade de concorrer à presidência da República, em 2018.
"Sinceramente, espero que tenha outras pessoas para serem candidatas. Agora, uma coisa pode ficar certa. Se a oposição pensa que vai ganhar, que não vai ter disputa e que o PT está acabado, ela pode ficar certa do seguinte: se for necessário, eu vou para a disputa e vou trabalhar para que a oposição não ganhe as eleições", disse ele, em entrevista à Rádio Itatiaia, em Belo Horizonte (leia mais aqui).
Entre os tucanos, o presidente nacional do partido, senador Aécio Neves (PSDB-MG), não só afirmou não haver elementos para o impeachment da presidente Dilma Rousseff (leia aqui), como também declarou que o calendário eleitoral do PSDB prevê disputa em 2018.
"Para nós, do PSDB, ao contrário do que diz Carlos Araújo [ex-marido da presidente Dilma], o calendário eleitoral prevê eleições em 2018", disse Aécio (leia aqui). Com isso, os tucanos abandonam a tese estapafúrdia de eleições antecipadas, que vinha sendo defendida por parlamentares aecistas.
No entanto, isso não significa que o grande embate entre Lula e Aécio já esteja marcado para 2018. No PSDB, o senador mineiro ainda terá que superar alguns rivais de peso: o governador paulista Geraldo Alckmin, tido como candidato natural, o senador José Serra (PSDB-SP) e o governador goiano Marconi Perillo, que também tem pretensões presidenciais. Numa coluna publicada nesta semana, o jornalista Josias de Souza afirmou que Aécio e Alckmin hoje mal se falam (leia aqui).
Se, entre os tucanos, haverá intensa disputa até 2018, quem correrá com pista livre é a ex-senadora Marina Silva, que, nesta semana, teve aval da Justiça Eleitoral para criar seu próprio partido, a Rede Sustentabilidade (leia aqui). Outro nome que pode se viabilizar é o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, caso vingue a tese de candidatura própria do PMDB. Prefeito bem avaliado, Paes terá como vitrine os Jogos Olímpicos de 2016.
Correndo por fora, virão nomes da antipolítica, como Joaquim Barbosa, ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, e dois expoentes da extrema direita no Brasil: o senador Ronaldo Caiado (DEM/GO) e o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ).
Brasil 247

Dilma reúne governadores do NE para discutir novas fontes de investimento na saúde

SecomPB

Dilma reúne governadores do NE para discutir novas fontes de investimento na saúde
A presidente Dilma Rousseff reuniu os nove governadores do Nordeste no Palácio da Abolição, em Fortaleza, no Ceará, um encontro que durou quase três horas, passando da meia noite. Ela chamou os governadores para iniciar uma discussão a respeito de novas fontes de financiamento para a saúde. O governo federal destacou que a ampliação dos serviços prestados, com a expansão do atendimento após a implantação do Mais Médicos, exige maior nível de investimento na área. Na Paraíba, com a ampliação de mais de mil novos leitos ao longo dos últimos quatro anos e meio, o custeio mensal passou de R$ 13 milhões para R$ 55 milhões.
Os governadores reafirmaram a necessidade de novas fontes por parte da União. E sugeriram estudos para definição de modelos de divisão e formas de composição da receita dessas novas fontes. "Municípios e, especialmente, os estados não têm como suportar sozinhos um peso tão grande na saúde com serviços que exigem atendimentos cada vez mais complexos", destacou o governador Ricardo Coutinho.
Na Paraíba, dez hospitais foram construídos ou reformados e o Governo do Estado ainda está concluindo o hospital metropolitano de Santa Rita, que irá disponibilizar para a população 209 leitos, sendo 30 de UTI, além de atendimento ambulatorial, imediato de emergência, urgência e trauma, e de pacientes em internação, com apoio ao diagnóstico e terapia.
Estavam presentes na reunião os ministros da Justiça, José Eduardo Cardoso; da Saúde, Arthur Chioro; da Assistência Social, Tereza Campello; da Educação, Renato Janine Ribeiro; e do Planejamento, Nelson Barbosa, além do secretário geral da Presidência, Miguel Rosseto.

Trocar a antena do roteador pode ajudar a 'turbinar' seu Wi-Fi; entenda

Trocar a antena do roteador pode ajudar a 'turbinar' seu Wi-Fi
Melhorar o sinal do Wi-Fi pode não ser um bicho de sete cabeças quando damos a devida atenção às antenas dos roteadores, pois elas desempenham tarefa fundamental na propagação do sinal. No entanto, a potência das antenas originais pode não ser suficiente para que as ondas cheguem em todos os cantos da casa ou escritório, principalmente em locais com paredes grossas ou outros obstáculos físicos.

Confira dicas e tutoriais que irão ajudar a ter o melhor sinal de Wi-Fi

Uma das soluções para contornar o problema está na troca da antena por outra com maior alcance. Leia a seguir e descubra como e em que situação fazer isso.

Antena externa pode ajudar Wi-Fi chegar em mais pontos da casa (Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo)
Antena externa pode ajudar Wi-Fi chegar em mais pontos da casa (Foto: Nicolly Vimercate/TechTudo)
Quando trocar a antena?
A antena do roteador deve ser trocada quando há pontos 'cegos' no ambiente, desde que outras medidas já tenham sido tomadas e não tenham surtido efeito. A primeira coisa a fazer é mudar o roteador de lugar, colocando-o no cômodo central da casa e no alto. Isso irá ajudar as ondas a passarem livremente por obstáculos como móveis, chegando com mais força nos quartos e regiões mais distantes.
Outra dica é limpar e reposicionar a antena. Para chegar à posição ideal, meça a potência do sinal com um analisador de Wi-Fi, como por exemplo o Wifi Analyzer. Analisar a velocidade da sua conexão com ovelocímetro do TechTudo também pode ajudar a diagnosticar outras falhas para além da antena.
Wifi Analyzer, app que mede potência do sinal de Wi-Fi (Foto: Reprodução/Raquel Freire)Wifi Analyzer, app que mede potência do sinal de Wi-Fi (Foto: Reprodução/Raquel Freire)
Também é possível dar um 'empurrãzinho' no sinal usando o tech hack da lata de alumínio, já ensinado aqui. Ao executá-lo, é preciso posicionar corretamente a lata em relação ao roteador, para que ele rebata e chegue no dispositivo que você quer que receba a onda.
Alterar o canal de operação do roteador também pode resolver o problema de sinal ruim. Isso porque, se os roteadores da vizinhaça estiverem usando o mesmoa canal, eles podem interferir no seu aparelho. Para isso, o primeiro passo é entrar na página de configuração do roteador e digitar o nome de usuário e senha. As principais fabricantes - TP-Link, D-Link e Linksys - informam esses dados no verso de seus roteadores.
Destaque para informações de página de configuração da TP-Link (Foto: Reprodução/Raquel Freire)Destaque para informações de página de configuração da TP-Link (Foto: Reprodução/Raquel Freire)
As janelas vão mudar de marca para marca, mas normalmete a opção de mudança de canal estará na seção de conexão wireless. Vá em canal (ou channel), selecione outra opção e teste seu sinal Wi-Fi novamente.
Alteração de canal na página de configuração do D-Link (Foto: Reprodução/Raquel Freire)Alteração de canal na página de configuração do D-Link (Foto: Reprodução/Raquel Freire)
Que antena escolher?
Ao pesquisar por antenas, você identificará de cara um certo "dBi". Essa é a medida de ganho da antena, que, em linhas gerais, a torna mais poderosa. Quanto maior o dBi, maior será a potência e consequentemente o alcance da antena.
Isso significa que basta colocar uma antena com alto dBi para aumentar o campo do Wi-Fi? A resposta é: não necessariamente. Isso porque, à medida que este índice sobe, a antena irradia o sinal mais forte em linha reta, mas com ângulo proporcionalmente mais estreito. Por exemplo, uma antena de 3 dBi projeta as ondas com o dobro de potência, mas com a metade da angulação.
Antena direcional externa de 14 dBi da TP-Link (Foto: Divulgação)Antena direcional externa de 14 dBi da TP-Link (Foto: Divulgação)
Na prática, se você colocar uma antena de 12 dBi ao seu roteador, ele poderá atingir distâncias de cerca de 2 km, mas o sinal terá dificuldade para subir de andar. Se sua casa ou escritório tem mais de um pavimento, provavelmente será necessário o auxílio de um repetidor para os outros patamares. Neste cenário hipotético, o ideal seria escolher uma antena de 7 dBi, que apresenta ganho sem fechar tanto o ângulo de transmissão do sinal.
Instalação
Algo de crucial importância ao considerar trocar a antena do roteador é conferir se o modelo suporta antenas externas. Há vários dispositivos com antenas fixas, que não podem ser substituídas. Nos modelos onde isso é possível, como o TP-Link TD-W8951ND, há uma saída como na imagem abaixo.
Conector de antena externa em roteador (Foto: Reprodução/Raquel Freire)Conector de antena externa em roteador (Foto: Reprodução/Raquel Freire)
Preço e disponibilidade
Grande parte dos roteadores atuais vem com antena de 5 dBi, mas os mais antigos normalmente apresentam 3 dBi. Antenas externas de 5 dBi saem, em média, por R$ 30. Modelos de 12 dBi têm preço de aproximadamente R$ 300, enquanto os mais poderosos, de 24dBi, chegam a custar R$ 1.400.
Antena de 5 dBi é encontrada por cerca de R$ 30 (Foto: Divulgação/TP-Link)Antena de 5 dBi é encontrada por cerca de R$ 30 (Foto: Divulgação/TP-Link)
Soluções complementares
Como explicado neste artigo, a frequência de 2,4 GHz é mais adequada para lugares com paredes grossas ou muitos obstáculos físicos, que é justamente o caso em questão. O problema é que ela é mais congestionada, sendo muito usada por telefones sem fio, microondas, babás eletrônicas e aparelhos eletrodomésticos em geral. Por isso, uma medida que pode ajudar o Wi-Fi a se propagar pela casa é desligar esses dispositivos sempre que possível.
techtudo

Carreta cegonha colide com poste e causa transtornos em Patos


Carreta cegonha colide com poste e causa transtornos em Patos
 O motorista de uma carreta do tipo cegonha, que realizava transporte de vários carros, colidiu com a lateral do veículo em um poste de energia elétrica no cruzamento das Ruas Irinel Joffily com 18 do Forte, Bairro Santo Antônio, em Patos, na manhã deste sábado (29), e provocou um grande congestionamento na cidade.

Tudo aconteceu quando a carreta trafegava sentido Bairro do Jatobá/ Centro, com destino a BR 230 e, devido a altura,  acabou arrancando a fiação elétrica. Os agentes de transito tiveram que ser acionados para organizar o tráfego.


Na Rua Irienel Joffily o carreteiro precisou realizar conversão à direita para seguir pela Rua 18 do Forte sentido Alça Sudeste, no entanto, de acordo com o motorista, um caminhão estacionado atrapalhou o intento e a carreta colidiu com o poste causando dano irreversível sendo necessária substituição do mesmo pela Concessionária de Energia Elétrica Energisa.


O Agente de Trânsito Antônio Coelho confirmou a versão do motorista, porém notificou o condutor que deveria ter relatado a falta de espaço aos agentes para que as medidas fossem tomadas.


Equipes da Energisa e da Sol Telecom estiveram no local para começar os serviços de substituição do poste e da parte de eletricidade e de internet.



Redação com Patos Online

Sexo ou ato libidinoso envolvendo adultos e menores de 14 anos é crime, sem exceções, define tribunal

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, ontem, que o sexo ou "qualquer ato libidinoso" envolvendo adultos e menores de 14 anos é considerado estupro de vulnerável, não importando se a vítima consentiu. A decisão servirá de parâmetro para o Judiciário de todo o país por se tratar da análise de um recurso repetitivo, usado pelo STJ para resolver controvérsias que se repetem em muitos processos. O objetivo é pacificar o entendimento, mas os juízes não são obrigados a deliberar da mesma forma.
No voto que foi seguido de forma unânime pela 3ª Seção do STJ, o ministro Rogério Schietti, relator do caso, defendeu que há crime, mesmo que fique provado que a vítima tinha experiência sexual anterior ou que matinha um relacionamento amoroso com o acusado. Todos os recursos sobre o tema no país estavam suspensos até que a Corte se pronunciasse sobre uma apelação específica, ajuizada pelo Ministério Público do Piauí contra a absolvição de um acusado de estupro de vulnerável, que alegou namorar a vítima desde os 8 anos. Ela tinha 13 na época da acusação e o réu, 25 anos.
O namoro foi confirmado pela vítima, que hoje tem 18 anos, e por familiares dela. Com base nisso, o Tribunal de Justiça do Piauí absolveu o acusado, sustentando “o grau de discernimento” da moça e que ela “nunca manteve relação sexual com o acusado sem a sua vontade”. Tais argumentos foram duramente criticados por Schietti, que os considerou “tipicamente patriarcal e sexista” e acrescentou que, em casos dessa natureza, “o julgamento recai inicialmente sobre a vítima da ação delitiva, para, somente a partir daí, julgar­-se o réu”.
Schietti defendeu que a evolução dos costumes e o maior acesso à informação dos jovens não devem se contrapor à necessidade de proteger “certos segmentos da população”, dizendo que qualquer tipo de iniciação sexual com menores de 14 anos tem de ser punida penalmente. Para o jurista Luiz Flávio Gomes, ex-promotor e juiz aposentado, o marco etário dos 14 anos, previsto no Código Penal, não tem ressonância com o próprio Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA):
- Se o ECA abre a possibilidade de punir por cometimento de ato infracional aos 12 anos, por que não reconhece a liberdade, a legitimidade da vontade de praticar sexo? Se eles já conhecem, já praticam o sexo, por que nós, moralmente, vamos condenar essa situação? O posicionamento muito peremptório em relação à idade, sem avaliar o caso concreto, é um equívoco na jurisprudência do país, ainda muito controvertida -- afirma o jurista.
Com outra visão, Renato Barão Varalda, promotor de Justiça da área da infância do Distrito Federal, defende que, antes dos 14 anos, não há maturidade para escolher fazer sexo. E critica absolvições de acusados de estupro de vulnerável por meio do que ele chama de uma “descaracterização da pessoa da vítima”:
- Alegam que a vítima não aparentava pouca idade, que era prostituída ou que em determinada região do país isso é muito comum para atropelar o marco de 14 anos colocado pelo legislador. Por mais desenvolvido que seja o corpo do adolescente ou que o acesso a informações hoje seja cada vez maior, a maturidade vem com vivência. É preciso garantir uma punição dura, sem flexibilizar, até para intimidar os adultos -- defende Varalda.
A falta de consenso levou o número de recursos no STJ em torno do tema crescer mais de 27 vezes nos últimos cinco anos, passando de 6 em 2010 para 166 em 2014. A maior parte das apelações é apresentada pelo Ministério Público contra decisões que inocentaram o réu por considerar que a vítima, apesar de menor de 14 anos, concordou com a relação sexual. Há também casos de condenados buscando absolvição sob a mesma justificativa.
Idade do consentimento varia entre países
O dilema sobre a idade do consentimento sexual, para fins legais, não é exclusivo do Brasil. Relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) aponta que na América Latina e no Caribe, a idade média é de 15 anos. Da mesma forma que o Brasil, Argentina, Costa Rica, México e Uruguai estabeleceram em 14 anos. Na República Dominicana e no Equador, a idade fixada foi 18 anos.
O marco é considerado exagerado, segundo o Unicef, especialmente porque 22% das mulheres da região da América Latina e Caribe têm iniciação sexual antes dos 15 anos. Alguns países, como Paraguai e Chile, estabelecem idades diferentes para consentimento sexual no caso de relação homossexual ou heterossexual.

O Globo

Caixa eletrônico em Nazarezinho é explodido durante a madrugada e bandidos trocam tiros com a Polícia nas ruas

Cerca de cinco elementos ainda não identificados, invadiram a cidade de Nazarezinho-PB, por volta das 02h40 na madrugada deste sábado (29), e explodiram um caixa eletrônico do Bradesco, afim de praticar mais um assalto a uma Agência Bancária, naquele município.
Durante a ação criminosa, os elementos chegaram a trocar tiros com um Policial do destacamento local, o qual num ato de bravura, conseguiu atingir o tanque do carro que seria usado na fuga pelos meliantes, obrigando os mesmos a saírem correndo e fugirem em algumas motocicletas, as quais também estavam dando apoio à quadrilha.
Dentro do carro que ficou para trás, foi encontrada gasolina e algumas sandálias, as quais deveriam ser usadas após a fuga. O veículo seria possivelmente incendiado, para não levantar suspeitas.
Após uma intensa troca de tiros pela cidade, os bandidos conseguiram fugir levando uma certa quantia em dinheiro ainda não divulgada.
A Polícia do 14º BPM foi informada do assalto e realizou diligências por toda à área, mas até o presente momento não se tem informações de prisões.
Esse é o terceiro caixa eletrônico explodido na região de Sousa dentro de um mês. A população da pequena cidade de Nazarezinho ficou bastante assustada com o acontecido.
Fonte/Folha do Sertão
Cerca de cinco elementos ainda não identificados, invadiram a cidade de Nazarezinho-PB, por volta das 02h40 na madrugada deste sábado (29), e explodiram um caixa eletrônico do Bradesco, afim de praticar mais um assalto a uma Agência Bancária, naquele município.
Durante a ação criminosa, os elementos chegaram a trocar tiros com um Policial do destacamento local, o qual num ato de bravura, conseguiu atingir o tanque do carro que seria usado na fuga pelos meliantes, obrigando os mesmos a saírem correndo e fugirem em algumas motocicletas, as quais também estavam dando apoio à quadrilha.
Dentro do carro que ficou para trás, foi encontrada gasolina e algumas sandálias, as quais deveriam ser usadas após a fuga. O veículo seria possivelmente incendiado, para não levantar suspeitas.
Após uma intensa troca de tiros pela cidade, os bandidos conseguiram fugir levando uma certa quantia em dinheiro ainda não divulgada.
A Polícia do 14º BPM foi informada do assalto e realizou diligências por toda à área, mas até o presente momento não se tem informações de prisões.
Esse é o terceiro caixa eletrônico explodido na região de Sousa dentro de um mês. A população da pequena cidade de Nazarezinho ficou bastante assustada com o acontecido.
Fonte/Folha do Sertão

Triagem no Hospital de Trauma de Campina será mais rigorosa

 traumacg
Cerca de R$ 24,3 milhões foram remanejados do Hospital de Trauma de Campina Grande. Esse valor retirado do orçamento do Hospital Dom Luiz Gonzaga Fernandes foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) nessa quarta-feira e autorizado pela Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).
O diretor do Trauma, Geraldo Medeiros, afirmou que por se tratar de um dos maiores hospitais do Estado necessita de uma engenharia de custeio por atender pacientes de hospitais da rede municipal de saúde.
A triagem, segundo Geraldo, provavelmente será mais rigorosa no hospital.
– Infelizmente, a rede hospitalar está precarizada e esses pacientes são encaminhados para o Hospital de Trauma. A direção do hospital acha que esse remanejamento não afetará a qualidade do atendimento do hospital, desde que atenda aos doentes que fazem parte do perfil. É possível afirmar com certeza que a triagem e acolhimento do hospital será realizado, mas aqueles pacientes de pequenas queixas, que não fazem parte do perfil de atendimento do Hospital de Trauma serão redirecionados para UPA e hospitais privatizados que recebem do erário público e têm obrigação de atender esses pacientes – concluiu.
assessoria

Paraíba está entre os estados com maior cobertura de crianças vacinadas contra poliomielite

VACINAÇÃODados do Ministério da Saúde mostram que mais de 4 milhões de crianças ainda não receberam a vacina contra a poliomielite. A campanha de imunização, que termina na próxima segunda-feira (31), pretende alcançar 12 milhões de crianças entre 6 meses e 5 anos incompletos, o que representa 95% do grupo dessa faixa etária.
O levantamento, divulgado hoje, foi feito até a última quinta-feira, quando 7,8 milhões de crianças tinham sido imunizadas. Os dados também mostram que os estados com maior cobertura vacinal são Santa Catarina, São Paulo, Paraíba e Paraná, todos com índice acima de 70%. Segundo o Ministério da Saúde, o Distrito Federal está com a menor cobertura (36%), seguido dos estados de Roraima (43,9%), Rondônia (44,7%) e Pará (44,8%).
O Ministério da Saúde alerta que a vacina é a única forma de prevenção contra a paralisia infantil. Embora o Brasil não tenha casos da doença há 26 anos, a Organização Mundial da Saúde recomenda a imunização, já que nove países registraram casos da doença nos últimos dois anos.
Além de imunizar contra a doença, a 36ª Campanha Nacional contra a Poliomielite, que começou no dia 15, tem o objetivo de atualizar o calendário vacinal das crianças de até 5 anos que não tomaram alguma outra vacina na rede pública. Para que o profissional de saúde acompanhe as vacinas que a criança ainda não tomou, é importante que os responsáveis levem a caderneta ao posto de vacinação.
Com Agência Brasil

Hoje Ícone das categorias Dia Nacional de Combate ao Fumo: campanha alerta para malefícios do narguilé

narguile_No Dia Nacional de Combate ao Fumo, lembrado hoje (29), governo e entidades da sociedade civil alertam para os malefícios provocados pelo uso do narguilé, uma espécie de cachimbo comumente usado em países orientais. O slogan da campanha promovida este ano pelo Ministério da Saúde é “Parece inofensivo, mas fumar narguilé é como fumar 100 cigarros”.
De acordo com a psicóloga e consultora técnica de Prevenção e Promoção da Saúde da Fundação do Câncer, Cristina Perez, uma sessão de narguilé dura, em média, de 60 a 80 minutos e, durante esse período, a pessoa fica exposta aos mesmos componentes tóxicos presentes na fumaça de uma centena de cigarros – inclusive o tabaco e a nicotina.
Os riscos são os mesmos associados ao fumo e incluem as doenças cardiovasculares, respiratórias e alguns tipos de câncer, segundo Cristina. Há ainda, no caso específico da narguilé, o agravante da socialização, já que a proposta é que o mesmo cachimbo seja utilizado por um grupo de pessoas. O uso coletivo aumenta a exposição a doenças como herpes, hepatite C e tuberculose.
“Algumas pessoas acreditam que porque o narguilé contem água, não faz mal. Mas, na verdade, ele também contém fumo do tabaco e causa os mesmos malefícios”, disse a especialista. “A indústria do tabaco sabe que as pessoas entendem que o cigarro faz mal, causa doenças e provoca mortes e tenta diversificar suas vendas para manter o mercado. As alternativas são, por exemplo, o narguilé e o cigarro eletrônico, mas ambos usam tabaco, contêm nicotina e causam dependência”.
Dados da Pesquisa Especial de Tabagismo, promovida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com o Instituto Nacional de Câncer (Inca) em 2008 indicam que havia 300 mil consumidores de narguilé no Brasil naquela época.
Já a pesquisa Perfil do Tabagismo entre Estudantes Universitários no Brasil, do Ministério da Saúde, também destacou a alta proporção de usuários de narguilé entre estudantes universitários de alguns cursos selecionados da área da saúde no ano de 2011. Em Brasília e São Paulo, dos estudantes que declararam consumir com frequência algum outro tipo de produto derivado do tabaco, de 60% a 80%, respectivamente, fizeram uso do narguilé.
De acordo com o Inca, cerca de 200 mil pessoas morrem todos os anos no país em decorrência de doenças provocadas pelo fumo. O câncer de pulmão é um dos maiores indicadores do impacto do tabagismo sobre a saúde, já que 90% dos casos são registrados entre fumantes ou ex-fumantes. No Brasil, este é o tipo de câncer que mais mata homens e o segundo que mais mata mulheres.
ABr

A lista dos 30 senadores com pendências criminais ( TEM PARAÍBANO ? )

Quase 40% dos senadores têm pendências criminais. Pelo menos 30 dos 81 integrantes do Senado respondem a inquérito ou ação penal no Supremo Tribunal Federal. Saiba quem são
Geral do Plenário.
Geral do Plenário.

Quase 40% dos senadores estão sob investigação no Supremo Tribunal Federal (STF). Dos 81 integrantes do Senado, pelo menos 30 respondem a inquéritos ou ações penais na mais alta corte do país.
As suspeitas vão de crimes de corrupção, contra a Lei de Licitações e eleitorais até delitos de menor gravidade, como os chamados crimes de opinião.
Entre os investigados, 12 são alvos da Operação Lava Jato, como o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o ex-presidente da República Fernando Collor (PTB-AL), único senador denunciado até agora pela Procuradoria-Geral da República. As informações são do Congresso em Foco. O senador com mais pendências na Justiça é Ivo Cassol (PP-RO). Desde agosto de 2013, Cassol vive com um pé no Senado e outro no Supremo.
Primeiro e único senador condenado à prisão pela mais alta corte do país, Cassol se agarra a recursos para não ter o mesmo destino que seu colega de estado, o ex-deputado Natan Donadon (RO), que saiu da Câmara diretamente para o Complexo Penitenciário da Papuda.
O ex-governador foi condenado a quatro anos e oito meses de prisão, em regime semiaberto, e ao pagamento de multa de R$ 201 mil, acusado de ter direcionado licitações a empresas de conhecidos entre 1998 e 2002, quando era prefeito de Rolim de Moura (RO). Em setembro de 2014, o Supremo rejeitou as contestações de Cassol.
Presidente do Senado
Desde janeiro de 2013, há um parecer da Procuradoria-Geral da República oferecendo denúncia contra o presidente do Senado, Renan Calheiros. Dois anos e meio depois, o pedido não foi analisado.
Renan é acusado de peculato, falsidade ideológica e uso de documento falso no Inquérito 2593, que apura crimes atribuídos a ele em 2007, quando teve de renunciar à presidência do Senado em meio a uma série de acusações.
Atualmente, ele é investigado em outros três inquéritos da Lava Jato por corrupção e lavagem de dinheiro.
A PGR sustenta que o senador enriqueceu ilicitamente, forjou documentos para comprovar que tinha recursos para bancar despesas pessoais e teve evolução patrimonial incompatível com o cargo.
Os fatos se referem à denúncia feita por Mônica Veloso, com quem tem uma filha, de usar dinheiro repassado por lobista da empreiteira Mendes Júnior para pagar pensão e aluguel da ex-amante.
Pela mesma denúncia, Renan virou réu por improbidade administrativa na 14ª Vara da Justiça Federal de Brasília, em junho.
Confira abaixo a lista dos 30 senadores sob investigação no Supremo Tribunal Federal:
Acir Gurgacz (PDT-RO)
Ângela Portela (PT-RR)
Antônio Anastasia (PSDB-MG)
Benedito de Lira (PP-AL)
Ciro Nogueira (PP-PI)
Dário Berger (PMDB-SC)
Edison Lobão (PMDB-MA)
Eduardo Amorim (PSC-SE)
Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)
Fernando Collor (PTB-AL)
Flexa Ribeiro (PSDB-PA)
Gladson Cameli (PP-AP)
Gleisi Hoffmann (PT-PR)
Humberto Costa (PT-PE)
Ivo Cassol (PP-RO)
Jader Barbalho (PMDB-PA)
José Agripino (DEM-RN)
Lindbergh Farias (PT-RJ)
Marta Suplicy (PMDB-SP)
Omar Aziz (PSD-AM)
Paulo Bauer (PSDB-SC)
Renan Calheiros (PMDB-AL)
Roberto Requião (PMDB-PR)
Romero Jucá (PMDB-RR)
Sérgio Petecão (PSD-AC)
Simone Tebet (PMDB-MS)
Telmário Mota (PDT-RR)
Valdir Raupp (PMDB-RO)
Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)
Wellington Fagundes (PR-MT)
Ps.: É salutar lembrar que, embora não conste na lista dos atuais investigado pelo STF, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)  já foi condenado pela Suprema Corte e teve o seu mandato cassado, quando governador, por abuso de dinheiro público.
Do Portal Pragmatismo Político

GI cobra melhoria de rodovias estaduais em Tabira

E-mail
PicsArt_1405514453592-600x400Representando o Grupo Independente de Tabira (GI), o vereador Zé de Bira (PSB) esteve reunido com o Diretor Presidente do Departamento de Estradas e Rodagens-DER, Carlos Estima.
Na oportunidade reivindicou o roço e a construção de quebra-molas nas PEs que ligam Tabira a Água Branca, Tabira a Solidão e Tabira a São José do Egito.
As providências serão adotadas nos próximos dias pelo DER/Sertânia, coordenado pelo engenheiro Luiz de Castro.
Anchieta Santos