As megadelações da Odebrecht e OAS vêm aí. Aécio e Geddel aparecem

Marcelo Carvalho
Geraldo Bubniak/ Agência O Globo
Quem imagina que a Lava-Jato caminha para o fim, que bote as barbas de molho.
A delação premiada da Odebrecht deve envolver entre 45 e 50 executivos e ex-executivos do grupo.
A colaboração da OAS reunirá um time de quinze executivos da empreiteira baiana.
Em ambos os casos, as estrelas dos depoimentos são os ex-presidentes Marcelo Odebrecht (à esquerda) e Léo Pinheiro.
De acordo com o que está sendo negociado, a OAS incluirá Geddel Vieira Lima e Aécio Neves na roda.
A propósito, a delação da Odebrecht está caminhando muito bem, obrigado.
Ou seja, a metralhadora ponto 10, a que José Sarney se referiu, está prestes a disparar.