ALERTA – UFRJ detecta superbactéria KPC em praias cariocas

Publicado por: Carlos Rocha
praia rio
As famosas praias cariocas de Copacabana, Ipanema, Leblon, Botafogo e Flamengo estão no centro de um estudo feito pelo Instituto de MIcrobiologia Médica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
Nestas praias, pesquisadores detectaram a presença da bactéria Krebsiella pneumoniae Carbapenemase, também conhecido pela sigla KPC, super-resistentes a antibióticos, encontrado principalmente em ambientes hospitalares.
De acordo com O Dia, pesquisadores afirmam que essa bactéria causa transtornos apenas a pessoas com sistema imunológico já debilitado.
Dentre os transtornos, estão as infecções pulmonar e urinária, podendo até levar à morte, dependendo da gravidade.
A professora Renata Picão, responsável pela pesquisa, aponta uma forma de minimizar o problema. A professora Renata Picão, responsável pela pesquisa, afirma que não se sabe o microorganismo pode gerar na água os mesmos efeitos que em ambiente hospitalar, mas ela diz que o sinal de alerta deve ser ligado.

Créditos: Notícias ao Minuto