DEPOIS DE CORTAR O AVIÃO, TEMER CORTA COMIDA DE DILMA. O QUE FALTA?

Marcello Patriota
:
A notícia mais chocante deste sábado foi a decisão do presidente interino, Michel Temer, de cortar as despesas do Palácio do Alvorada com alimentação, um dia depois de proibir também que Dilma Rousseff viaje em aviões oficiais – o que contraria decisão recente do Senado Federal, que definiu as prerrogativas da presidente afastada; Temer, que ainda não colocou os pés na rua, parece incomodado com o carinho que vem sendo dado a Dilma em suas viagens; Planalto afirma que o corte da comida do Alvorada foi temporário, mas provocou onda de indignação no Brasil e no mundo