Foto de menina negra comendo sozinha em creche causa indignação

Caso aconteceu na África do Sul. “Nada te prepara o suficiente para uma experiência tão horrível”, disse mãe da criança

noticiasaominuto
A foto de uma menina negra de um ano e sete meses comendo separada dos colegas brancos numa pré-escola levou a pronvíncia de Gauteng, na África do Sul, a investigar a pré-escola. 
 
 
A mãe da criança, Mosinyi Wanatscha, denunciou a situação por meio de uma publicação nas redes sociais.
A imagem mostra seis crianças lanchando numa mesa, enquanto a filha de Mosinyi está sozinha.
 
A mulher denunciou o racismo latente da cena. "Embora cada país tenha seus desafios, nada te prepara o suficiente para uma experiência tão horrível como a que foi retratada nessa foto.
 
Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras. Para mim, essa falou palavras mais horríveis e prejudiciais do que já experimentei em meus 34 anos de vida e nos três continentes em que já residi", diz Mosinyi no texto.
 
Segundo informações do jornal Extra, a mãe recebeu a foto da própria escola. Ao ver a imagem, foi buscar a criança na creche e, posteriormente, colocou a filha para estudar em outro centro de ensino.
 
A secretaria de educação da província visitou a creche para apurar o fato. A direção da escola argumentou que outra colega acompanhava a filha de Mosinyi na refeição, mas foi retirada da mesa pouco antes da foto porque estava chorando.
"Eu não acredito que haja uma desculpa e precisamos agir de forma decisiva", afirmou o secretário de Educação Panyaza Lesufi.