Mensagens pelas redes sociais mostram viúva e enteada planejando assassinato de professor


Com autorização da Justiça, a Polícia Civil interceptou mensagens trocadas pelo aplicativo WhatsApp e descobriu que mãe e filha planejaram o assassinato do professor de física da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) Milton Taidi Sonoda, de 39 anos, dois meses antes de ele ser morto. A garota era enteada dele.

Segundo informações do G1, a adolescente de 17 anos confessou que matou o padrasto a facadas em casa, em São Carlos (SP), após dopá-lo enquanto assistia a televisão com o filho de 5 anos. A dupla foi detida na última terça-feira (31).

Milene Estácio, advogada de 36 anos, mãe da jovem e viúva de Milton Sonoda, negou o homicídio e afirmou apenas ter participado da ocultação do cadáver, que foi encontrado carbonizado dentro de um veículo.

De acordo com a polícia, o principal motivo do crime foi o dinheiro gasto na reforma de uma casa. Confira os trechos da conversa da viúva e da enteada sobre o assassinato de Milton Taidi Sonoda divulgados pelo G1:


Milene: O Milton saiu com R$ 700. O último suspiro que eu tinha. Ele não pode viajar amanhã. Porque senão nossos planos terão que ser adiados. As contas bombando na minha cabeça. Enquanto isso o Milton só pensa em gastar R$ 1,6 mil de mármore.
Em outro trecho, a mulher e a enteada combinam o dia do assassinato em 24 de abril.
Filha: Como o Milton é chato! Mas tudo isso vai acabar amanhã! Amanhã mesmo!
Milene: Tomara! Tô de saco cheio!
A mãe orienta a filha sobre como agir.
Milene: Leve a faca a afiar.

Filha: Tá

Milene: Leve umas três. A partir de amanhã acabou tudo. Leve o negócio pra afiar.
A polícia acredita que a enteada marcou até uma manicure, já pensando no dia do crime.
Filha: Marquei terça! Já que a gente vai ter enterro.
Em outro trecho, Milene deixa claro que a filha deveria assumir o crime.
Milene: Se acontecer da polícia chegar até você, não tenha medo.

Filha: A polícia, eu não.

Milene: Mas não põe eu no meio.

Filha: Não tenho medo nem de você, vou ter da polícia.

Milene: Eu pegaria mais de 30 anos de cadeia.
Em outra mensagem, mãe e filha planejam como iriam se sustentar com a morte do professor.
Milene: Tem que dar entrada no INSS logo.

Filha: Calma!

Milene: Para não passar necessidade. Porque vamos ficar sem dinheiro.

Enteada: Nem caixão ainda!
Elas também demonstram frieza ao planejar o crime.
Milene: Mas vai dar tudo certo! Deus tem um lugarzinho bom pra ele!




`PrimeirasNotícias Com informações do G1