Mídia impressa segue em sua derrocada.

Marcello Patriota
Captura de Tela 2016-06-19 às 21.10.44
“No grupo de 18 a 24 anos, quase 30 por cento disseram que a mídia social é sua principal fonte de notícias.”
Dois estudos importantes sobre a indústria da mídia foram divulgados em meados de maio. Um deles se concentra nos Estados Unidos e outro tem visão mais global, mas ambos mostram basicamente o mesmo quadro: a mídia impressa e outros veículos tradicionais de notícias seguem encolhendo, enquanto aumenta o domínio do Facebook e outras plataformas digitais.
Os relatórios são do Pew Research Center e do Instituto Reuters de Estudos de Jornalismo“Em 26 países, vemos um cenário comum de perda de empregos, cortes de custos e metas não alcançadas, enquanto a queda de receita da mídia impressa se combina com a economia brutal do digital em uma tempestade perfeita. Em quase todos os lugares presenciamos a adoção maior de plataformas online, em grande parte como suplemento de modos de transmissão, mas com frequência às custas do jornalismo impresso”.O resultado? Cada vez mais o conteúdo é encontrado em redes sociais como Facebook ou em agregadores como Google News ou Apple News, o que dilui as marcas das empresas jornalísticas. As únicas marcas conhecidas se tornam as das plataformas digitais.