PAI E FILHA SÃO MORTOS E MÃE É BALEADA EM FRENTE À IGREJA EM OLINDA

Marcelo Carvalho
crimeouropreto
A Rua Golfinho, no bairro de Ouro Preto, em Olinda, foi cenário de um crime que deixou duas pessoas mortas e uma ferida – todas elas da mesma família – na noite desta quinta-feira (2). Por volta das 20h30, pai, mãe e filha que estavam dentro de um veículo na referida via foram baleados. A polícia investigará a motivação do crime, que aconteceu em frente à Igreja Batista Betesda.
As vítimas foram identificadas por parentes, que preferiram não se identificar. Após serem baleados, eles ainda conseguiram sair do veículo, mas pai e filha morreram no local. Não há informação sobre os autores do crime. Testemunhas relataram que a mãe ainda conseguiu entrar na igreja, de onde foi socorrida para uma unidade de saúde. Não há detalhes sobre o estado de saúde da vítima.
“O tiroteio aconteceu no momento do culto e todos se abaixaram assustados. Foi quando uma mulher baleada nas costas entrou botando muito sangue pela boca. Tentamos acalmá-la e chamamos o Samu, mas a Polícia Militar chegou antes e a socorreu para o hospital”, contou uma testemunhas que estava dentro da igreja no momento do crime, mas preferiu não se identificar.
Policiais militares que isolaram a área do crime não quiseram gravar entrevistas, mas informaram que a prática de agiotagem pode ter sido o motivo do assassinato. “Na bolsa que estava dentro do carro, estavam vários cartões de crédito e de Bolsa-Família, inclusive no nome de outras pessoas”, afirmou um deles.
Além da PM, equipes da Polícia Civil e do Instituto de Criminalística também foram ao local do crime. O Instituto de Medicina Legal (IML) enviou uma viatura para recolher o corpo das vítimas. Ainda não se sabe quantas pessoas participaram da ação criminosa, que atraiu a curiosidade dos moradores da área, que se aglomeraram em torno do local do assassinato.