Polícia prende padastro acusado de abusar sexualmente da enteada de 11 anos no Sertão da PB; estupros aconteciam há pelo menos 3 anos


A Polícia Civil de Cajazeiras prendeu nesta quinta-feira (2), Francisco Dantas Cosmo acusado de abusar sexualmente da enteada desde os oito anos de idade. Ele é morador do Conjunto Frei Damião em São José de Piranhas e a menina tem atualmente 11 anos.
Após investigações da delegada Cristiana Roberta, da Delegacia da Mulher em Cajazeiras foi decretada a prisão temporária do acusado.

O Delegado do Grupo Tático Especial, Braz Morroni explicou que baseada nas investigações, a delegada representou pela prisão, que foi cumprida pelo GTE.
Braz Morroni disse que Francisco Dantas nega qualquer ato contra a menina, mas relatou que as investigações dão conta que o padrasto abusava da criança desde os oito anos de idade.

O delegado contou que a criança passou a apresentar um comportamento estranho e ao ser acompanhada por um psicólogo confessou o caso.

“Ela sempre pedia a mãe para vir morar em Cajazeiras para fugir dessa situação porque o próprio agressor dentro de casa. Ela se abriu para a mãe, foi a delegacia, foi feito o exame e constatado que ela perdeu a virgindade e o abuso”, disse o delegado.

Em poder do acusado, a polícia apreendeu um notebook e dois celulares, que provavelmente contenham material ligado a pedofilia. Ele foi levado para cadeia de São José de Piranhas.


Diário do Sertã