Repórter da Rede Globo é encontrada morta em quarto de hotel, após desaparecer




A jornalista Priscila Teixeiera, acabou morrendo de forma misteriosa. Após dias desaparecida, ela foi encontrada sem vida em um hotel da cidade onde trabalhava, Cabo Frio, na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro. 
O cadáver da repórter foi achado no sábado, 18, mas a morte dela ganhou destaque apenas nesta segunda-feira, 20, depois que a TV Globo noticiou o fato.
Isso porque Priscila era uma das funcionárias da afiliada da emissora na região, a Inter TV. Segundo informações, a mulher trabalharia no canal como produtora de reportagem. A Polícia não encontrou violência física ou sexual no corpo, o que indica que a jovem repórter não teria sido agredida. A mulher estava desaparecida há mais de 24 horas. A profissional da mídia sumiu e deixou muitos amigos inconsoláveis. Dentre os trabalhos exercidos por Priscilla está a primeira edição do ‘RJTV’, telejornal exibido no Rio de Janeiro.
Redação.BDM