Xô, trepeça!

Tião Lucena


O ministro das panelas, ou melhor, das cidades, Bruno Araújo, anuncia a vinda de Michel Temer à Paraíba para participar da inauguração do Viaduto do Geisel.

Como sabemos, o ministro deu uma contra ordem ao banco, extornando depósito de 17 milhões de reais que foram feitos pelo governo federal nas contas do Estado.

Esse dinheiro seria a parte do Governo Federal para pagamento das obras do viaduto, já que até então o governador Ricardo Coutinho já tinha concluido 60 por cento do empreendimento com dinheiro do Estado.

O ministro das panelas esteve em Campina Grande dançando forró. Depois de passear vendo obras ao lado de políticos ligados ao novo Governo, voltou a Brasília e de uma tacada só retirou o dinheiro que havia sido liberado por Dilma Roussef.

Depois, vendo a besteira que fez, mandou liberar 3 dos 17 milhões, argumentando que aquilo era o bastante para pagar a medição feita pela Caixa Econômica.

Mas foi pego na mentira ao confidenciar a jornalistas que a retirada do dinheiro foi um pedido de senadores da Paraíba.

Como esteve em Campina tomando mé e dançando forró, não fica difícil identificar os nomes dos pedintes.

Mas isso agora não vem ao caso.

O que importa destacar é que o senhor Temer e seu ministro querem fazer graça na Paraíba depois de fazerem o que fizeram.

Quem suspende verba da obra do viaduto não é bem vindo à inauguração.

Xô, trepeça!