5 sinais de que o Facebook está se transformando no ”novo Orkut”

facebook-mobile

Não é novidade que o Facebook tem apostado em estratégias no mínimo ousadas para aumentar a interação dos usuários com a rede social. O site que chegou no Brasil como uma plataforma mais “cult”, quer se tornar cada vez mais popular. E o plano de Mark Zuckerberg para fazer isso acontecer envolve memes, gifs e frases motivacionais.
Cada vez que anuncia uma nova ferramenta desse tipo, diversos usuários acusam a plataforma de estar sofrendo uma “orkutização”. Ou seja, o Facebook estaria se transformando em um novo Orkut por conta do aumento de memes, imagens fofinhas, mensagens de bom dia, etc. Seria um processo de banalização.
Questionado sobre isso, um porta-voz da empresa adotou um tom mais corporativo e afirmou que o site “é o lugar onde as conversas acontecem e queremos oferecer a possibilidade a todos de se conectar com o que é importante para cada um”. Tal motivo justificaria, na visão da empresa, a inclusão desses recursos engraçadinhos.
A rede social também conta que o mercado brasileiro, o qual possui 105 milhões de usuários, é relevante, mas que as estratégias para a elaboração de novos recursos levam em conta todos os usuários e não um mercado em específico, por maior e mais representativo que ele seja.
  • Gifs
As imagens divertidas em movimento chegaram ao Facebook e permitem conversas no chat e publicações na timeline mais “animadas”.
Reprodução
  • O que você está fazendo?
Essa ferramenta já é antiga e foi uma tentativa do Facebook para fazer com que os usuários compartilhassem mais o que estavam fazendo e menos o que estavam “pensando”:
Reprodução
  • Emojis e Figurinhas
Com tantas opções de imagens disponíveis, é possível manter uma conversação normal sem trocar uma só palavra.
Reprodução
  • Torcida digital
O Facebook lançou um recurso que permite acompanhar os jogos do seu time pela própria rede social, como um placar em tempo real falando sobre os principais lances. O site adotou até mesmo a alcunha de “maior estádio do mundo”.
Reprodução
  • Grupos, páginas e eventos “inúteis”
Os grupos, páginas e eventos do Facebook foram criadas com o propósito de unirem as pessoas em torno de um determinado assunto ou reunião. No entanto, essas ferramentas estão sendo usadas para fins como comparecer no “workshop de como segurar essa barra que é gostar de você” ou na “mesa redonda para debater se a lenda dessa paixão faz sorrir ou faz chorar”.
Reprodução
Informações do Olhar Digital.