Com mudança na vice, grupo governista apresenta chapa majoritária em Água Branca

Aryel Aquino 
Prefeito, Tarcísio Firmino (pré-candidato à reeleição) ao lado de Fabiano Batista (pré-candidato a vice-prefeito)
Com a presença de mais de 1.500 pessoas, entre militantes e a população em geral, na noite do último sábado (10/07), os partidos - PSB, PROS, PSDB, PP, DEMOCRATAS E PSD – que formam a coligação denominada “o trabalho não pode parar”, oficializaram a chapa majoritária para as eleições municipais deste ano, em Água Branca, no Sertão da Paraíba.
O evento aconteceu na chácara do prefeito, Tarcísio Firmino (PSB), que sob aplausos foi anunciado como pré-candidato à reeleição. Ao fazer o uso da palavra, o chefe do executivo disse que foi difícil tomar a decisão de novamente voltar a disputar à prefeitura, pelo fato do mesmo ser contra reeleição e afirmou que sua pré-candidatura veio da vontade popular, através de pesquisa que apontou o seu nome como o melhor no momento para encabeçar a chapa.
A novidade foi em relação à vaga de vice-prefeito, hoje ocupada por Júlio César, que cedeu o espaço para Fabiano Batista (PROS), que ficou no segundo lugar na pesquisa para a formação da chapa majoritária.  
Em seu discurso, o pré-candidato, que já foi vereador, vice-prefeito e secretário de agricultura, disse que quando estava à frente dos cargos desenvolveu um bom trabalho no município e falou que não tem dúvidas de que à população quer reeleger o prefeito, Tarcísio Firmino. “O povo de Água Branca quer que o trabalho continue com a educação avançando, a saúde, a melhoria nas comunidades rurais, dentre outras áreas”, frisou Fabiano Batista.
No evento, houve ainda o lançamento das pré-candidaturas de vereador da coligação, bem como foi abordada a organização do processo eleitoral e a elaboração do plano de governo para o próximo mandato. O encontro também contou com a presença diversas lideranças comunitárias e políticas, a exemplo dos ex-prefeitos, Hércules Sidney (Siduca) e Arouldo Firmino; além do ex-conselheiro e ex-presidente do TCE, Luiz Nunes Alves.