Curtinhas da 'Fogueira Política'

Foto de Geraldo Luiz.O mês de junho já está longe, mais a fogueira política continua acesa em Juru e nos municípios da região, onde os grupos montam suas estratégias partidárias com nomes para a disputa eleitoral de 2016. 
Veja abaixo algumas 'curtinhas':
> O rompimento de Edilson Flor com o prefeito Luis Galvão não teve a repercussão que ele esperava em seu favor. Aliás, nem os adversários do atual gestor se entusiasmaram com a notícia.
> Diante da falta de repercussão do rompimento político recentemente anunciado, o vice culpou o blog Juru em Destaque e o empresário Milton Miguel pelo insucesso da sua decisão.  
> Em reposta, como não poderia deixar de ser, o blog Juru em Destaque se manifestou em contrário a respeito do assunto e criticou a indecisão política do vice.
> Quanto ao empresário Milton Miguel, embora tenha preferido o silêncio como resposta, há quem diga que o mesmo não acompanhará a decisão política do seu sócio e apoiará o prefeito Luis Galvão .
> Por falar em vice, em Juru o assunto mais comentado da semana é a incerteza de quem serão os respectivos companheiros de chapa dos candidatos a prefeito Luis Galvão e Silvino.
> Há quem diga que tanto Eduardo Pires como Leôncio, empresários juruenses que têm os nomes mais lembrados como candidatos a vice dos dois principais concorrentes à prefeitura, teriam pendências judiciais que impediria que os mesmos conseguissem as certidões negativas exigidas pela Justiça Eleitoral para se candidatarem.
> De acordo com informações de uma confiável fonte da coordenação da campanha  à reeleição do atual gestor, o empresário Eduardo Pires já teria em mãos as certidões negativas necessárias para uma eventual candidatura, não havendo, portanto, nenhum impedimento relacionado ao seu nome.
> Quanto ao empresário Leôncio, possível candidato a vice de Silvino, ...
> Ainda segundo informações, familiares do empresário Eduardo Pires estariam insatisfeitos com os comentários de um determinado vereador que estaria disposto a questionar perante à Justiça Eleitoral se o mesmo é alfabetizado. Segundo esses familiares, na eleição anterior esse vereador teria contado com o apoio de Eduardo para se eleger.
> Embora a legislação eleitoral em vigor não permita divulgar números de pesquisa não registrada perante o TRE, mesmo fora da disputa eleitoral desse ano os nomes do ex-prefeito Dr. Toinho e da ex-vereadora Maísa Alves figuram, de forma espontânea, entre os mais citados nas pesquisas encomendadas para consumo interno que o blog teve acesso. 
GeraldoLuizLeite