EM JERICÓ: Polícia prende em flagrante acusado de agiotagem em Jericó, no Sertão da Paraíba



Polícia prende em flagrante acusado de agiotagem, no SertãoA Polícia Civil da cidade de Catolé do Rocha, cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa de um homem acusado de praticar agiotagem na cidade de Jericó, nesta quinta-feira (21), mas o fato só foi divulgado na noite desta sexta-feira (22).
Na residência do acusado foram encontrados a importância de R$ 14.600,00 (quatorze mil e seiscentos reais), mais de 50 (cinquenta) cartões magnéticos do Banco Bradesco, Caixa Econômica Federal, Bolsa Família e Cartões de Benefícios da Previdência Social, além de 321 (trezentas e vinte e uma) notas promissórias assinadas por terceiros.
De acordo com o delegado Antonio Neto, diante de todo o material apreendido, não resta dúvidas de que o homem emprestava dinheiro a juros de modo ilegal e como garantia fazia a retenção de seus cartões de crédito e benefício.
Estima-se que o agiota já movimentou mais de R$ 270.000,00 (Duzentos e setenta mil reais) em empréstimos indevidos e lesionou mais de 30 vítimas, que eram coagidas a entregar seus cartões com as respectivas senhas como forma de garantia para recebimento do empréstimo.
O acusado foi preso em flagrante por crimes contra a economia popular e crime contra o Estatuto do Idoso. Ele pagou fiança no valor de 10 (dez) salários mínimos, e responderá em liberdade pela prática dos delitos citados acima, podendo ser sentenciado a uma pena de 04 (quatro) anos de detenção.

PB Agora