Mulher é detida acusada de praticar estelionato em Santa Luzia



Na manhã da última quarta-feira os policiais da 3ª Companhia de Polícia Militar receberam uma denúncia relacionada a uma mulher que estaria praticando crime de estelionato.
De imediato a polícia se dirigiu pelas as ruas e identificou uma senhora de nome Maria Soledade Lopes, natural de Santa Luzia e atualmente residente na comunidade Pitombeira,
Maria Soledade está sendo acusada de praticar estelionato contra testemunhas que se dizem lesadas por tal atitude. O delegado de Santa Luzia, Cleinaldo Queiroz, ouviu testemunhas e a acusada. Essa última ficará à disposição da justiça.
O sargento Flávio que efetuou a prisão, afirmou que outras informações repassadas para a polícia, dão conta que Dona Rosa (como era chamada), chegou a praticar este tipo de crime em outras cidades como: Caicó - RN e São Bento na Paraíba e Jardim de Piranhas.
Confira outros crimes praticados pela acusada.
Dos golpes aplicados em Jardim de Piranhas que é do conhecimento da população já podemos somar mais de 10 mil reais. Ela usa de vários argumentos para extorquir dinheiro, diz que está fazendo um tratamento contra um câncer, que está precisando de dinheiro para completar o valor de um caixão e sepultar um parente e o pior de tudo, ela chega também em alguns estabelecimentos comercias sabendo o nome do proprietário (a), se o mesmo cair na conversa ela compra fiado usando outro nome, pois o verdadeiro é Maria Soledade Lopes.
O ultimo golpe foi de uma vendedora de perfumes em Caicó que ela chegou, aproveitou a ausência da dona e conseguiu levar um perfume francês. A poucos dias ela esteve presa na cidade de São Bento-PB e foi transferida para Catolé do Rocha-PB.

A rua é o seu escritório, seus clientes são pessoas de bem que vive trabalhando para ganhar o dinheiro honestamente.

Fonte blog Roberto Flavio