Aguinaldo Ribeiro presta depoimento ao juiz Sérgio Moro pela Operação Lava Jato


O deputado federal e ex-ministro das Cidades do governo Dilma, Aguinaldo Ribeiro (PP), deve ser ouvido hoje (24) pelo juiz Sérgio Moro, de Curitiba (PR). O parlamentar paraibano e mais sete pessoas são testemunhas no processo da Lava Jato contra o ex-senador Gim Argello (PTB-DF), acusado de cobrar propina de empreiteiros para dispensá-los de falar a duas CPIs da Petrobras em 2014.
Preso em abril na Operação Lava Jato, Argello elencou como suas testemunhas de defesa na ação um total de 15 parlamentares, sendo sete deputados e oito senadores. Na lista há nomes do PSD, PMDB, PT, PDT, PV, DEM, PSDB, PSB e PP, dentre eles, Aguinaldo e o ministro do Tribunal de Contas da União, Vital do Rêgo Filho.
Ele é o primeiro réu da Lava Jato que chama praticamente só políticos para sua defesa na ação em que responde perante o juiz federal Sérgio Moro, que vai avaliar a lista de testemunhas e pode pedir explicações ao ex-senador sobre porque escolheu os nomes.

Fonte Blog do Gordinho