Deputada corrupta do DF é “morista”, “temerista” e “cristovista”. Viva a hipocrisia!

Tião Lucena

celina
Bateu polícia na casa da deputada Celina Leão, ex-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal.
A operação visa buscar e apreender  provas de crimes de corrupção ativa, passiva ou concussão, envolvendo o pagamento de propina a ela e a outros deputados da Mesa Diretora, em um esquema que desviou R$ 31 milhões de reais de sobras orçamentárias da Câmara, em 2015 para empresas que prestam serviços à Secretaria de Saúde do DF.
Celina foi afastada da Presidência da Câmara pela Justiça, exatamente como ocorreu com Eduardo Cunha na Câmara Federal.
Um “pequeno” detalhe: a D. Celina se apresentava como campeã da moralidade.
celinatemerPosava para fotos com Sérgio Moro, dizendo serem “caçadores de corruptos”
Ia às manifestações pelo impeachment carregando “pixulecos” e cartazes com “tchau, querida”.
Igual fazia com Michel Temer, como você pode ver na foto ao lado.
Mas o seu queridinho era mesmo o senador Cristovam Buarque, a quem apadrinhou a entrada no PPS, onde ele certamente buscava um refúgio para sua pureza.
Ele defende um crédito de confiança para a moça…
O jornalista Luís Costa Pinto resumiu a situação de pré-sem teto do senador:
“E Cristovam Buarque, hein? Não acerta uma… filiou-se ao PPS para fazer parte da base de Temer e pimba: o diretório do PPS no DF foi desmantelado pela Justiça e pela Polícia Civil, levando sob vara a presidente da Câmara Legislativa e o vice dela, ambos aliados de Buarque. Em uma semana Cristovam estará sem partido de novo.”
Eu já penso diferente.
Acho que Cristovam tem cadeira cativa em algum PSC.
Partido dos Sem Caráter, Partido dos sem Coerência, Partido dos Sem Coragem…