“O que tu fez pelas Olímpiadas, golpista e usurpador?”


temer_golpista usurpador

O jornalista Paulo Nogueira, editor do DCM, avalia que a Rio 2016 teve momentos de sublime beleza, mas também de horror.
"O horror esteve num governo ilegítimo, covarde, usurpador, emasculado, personificado em Michel Temer. Seu comportamento foi vil, pusilânime e oportunista ao longo das duas semanas da Rio 2016. Começou na abertura, quando Temer montou um esquema — fracassado, de resto — para não ser vaiado. Parecia não um estadista, que nunca foi, mas um indivíduo acoelhado, um fugitivo com medo da própria sombra.", diz ele.
"A postura abjeta perdurou ao longo da competição. No Twitter, Temer chamou a si o crédito pela vitória no futebol."
Em seguida, ele levantou algumas reações de leitores ao post de Temer. Eis uma delas:
O QUE TU FEZ PELAS OLIMPÍADAS, GOLPISTA E USURPADOR?