PARA JURISTA, VOTO ANTECIPADO DE ALIADOS DE TEMER DEVERIA ANULAR IMPEACHMENT

Marcelo Carvalho
:
A antecipação de votos pela condenação da presidenta Dilma Rousseff (PT) no processo de impeachment é motivo suficiente para anular o julgamento no Senado, segundo o professor de Direito Constitucional da UNB, Marcelo Neves; para o jurista, a manifestação de senadores contrários a Dilma de que “o resultado final já é conhecido” demonstra que, se o processo é “um jogo de cartas marcadas, isso tira completamente a legitimidade dele”; o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE); a defesa de Dilma vai pedir a anulação da representação referente à realização das chamadas pedaladas fiscais no ano passado.