Prefeito Zé Simão nega fechamento do Museu de Manaíra e diz que denúncia de diretor é “mentirosa e difamativa”


DSC02709
Gestor declara não ser o dono do prédio, além de afirmar que Valdeny “nunca prestou contas do dinheiro público por ele recebido da Prefeitura de Manaíra”
O prefeito Zé Simão (PSDB) rebateu hoje (23) a acusação de que estaria fechando o Museu de Manaíra, segundo denúncia feita nesse domingo (21) pelo administrador da instituição, Valdeny Antas Diniz, veiculada no Blog.
Em texto encaminhado ao jornalista autor deste Blog, com o título “DIREITO DE RESPOSTA do DR. JOSÉ SIMÃO”, o gestor tucano negou ser o dono do prédio, além de afirmar que Valdeny “nunca prestou contas do dinheiro público por ele recebido da Prefeitura de Manaíra”, a ponto de o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) considerar “Irregular” o recebimento de recursos e a não prestação de contas do estabelecimento.
Para Zé Simão, a afirmação que partiu do diretor do Museu, de ‘perseguição política’, é “mentirosa e difamativa”. “Ocorre que é pode demais importante aos leitores deste BLOG, que a matéria produzida por VALDENY ANTAS, essa sim tem o cunho político partidário e visa além de atender seus interesses e de seus aliados DIFAMAR A HONRA e a reputação de uma pessoa, pois que não se pode atribuir a responsabilidade de fechar o MUSEU a pessoa de ZÉ SIMÃO, porque o prédio ainda onde funciona o MUSEU, nem sequer é de sua propriedade”, questiona o prefeito. E completa: “Assim, como pode atribuir esta responsabilidade a uma pessoa que não tem nada a vê com a relação contratual do imóvel locado entre o dono do MSEU VALDENY ANTAS, visto que o proprietário do prédio onde funciona o MUSEU é do Sr. Klércio Tavares Alves, popularmente conhecido por “KÉCA DE MANOEL NOVO”, assinala.
Abaixo, a íntegra da manifestação do prefeito manairense:
ZÉ SIMÃO_2
ZÉ SIMÃO_1