TEMER E O MEDO DE SER "VAIADO"

Após um discurso breve e vaias por parte do público na cerimônia de abertura, o presidente em exercício Michel Temer convidou o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, para representá-lo no encerramento. Maia é o segundo na linha de sucessão presidencial, eleito presidente da Câmara após a renúncia de Eduardo Cunha, em junho.
Havia a expectativa de que Michel Temer fosse ao evento para estreitar relações com o Japão, sede dos Jogos de 2020, já que o primeiro ministro Shinzo Abe estará na cerimônia, mas, orientado por assessores, o presidente interino preferiu evitar a exposição pública.