UMA VIAGEM À POTIRENDABA, EM SÃO PAULO, COM A MESMA SENSAÇÃO DE ESTAR EM JURU - Geraldo Luiz


A imagem pode conter: 7 pessoas , listras
Da esquerda para a direita: João Paulo, Erculano, Fernando, Aloízio, eu, Aderval, João, Sidney e, sentado, Klebison, o divertido filho de Aderval
Uma viagem inesperada a fim de tratar de assunto particular, levou-me recentemente a cidade de Potirendaba, no interior de São Paulo, onde eu tive a oportunidade de reencontrar vários conterrâneos meus, tanto de Juru como de outras cidades da nossa região, que lá estão residindo há um bom tempo.
Com mais de 15.000 habitantes, Potirendaba é uma das cidades mais promissoras do Noroeste Paulista
Após fazer escala em Campinas e desembarcar no aeroporto de São José do Rio Preto, lá já estava a me esperar o meu amigo Aderval Ramos, que além de me conduzir até Potirendaba também me acolheu em sua residência, onde recebi a hospitalidade da sua esposa Luciene e o carinho do seu filho Klebison. Se aqui, portanto, Adeval já é uma pessoa amiga e prestativa com todos que lhe conhecem, naquela cidade canavieira ele é muito melhor ainda.
Minha viagem foi rápida: cheguei em Potirendaba por volta das 11hoo, tomei um bom banho e almocei na casa de Aderval, antes de ir ao Fórum local onde participaria de uma bem sucedida audiência. 
A imagem pode conter: 2 pessoas
Eu, com os amigos juruenses Fernando de Lourenço, Aderval Ramos e Samuel Cavalcante
Em frente ao Fórum já me aguardava uma comitiva de juruenses e outras pessoas amigas da região, que para lá se deslocaram ao saber da minha presença, dentre elas Erculano Severiano, da cidade de Santana dos Garrotes, que em Juru já morou e nessas eleições concorre ao cargo de vereador de Potirendaba.
Fiquei impressionado (e muito agradecido, é claro!), no entanto, com a hospitalidade do candidato a prefeito Flávio Alves, que sequer me conhecia mais foi muito prestativo comigo, tendo oferecido inclusive advogado para me acompanhar na audiência. 
Durante o pouco tempo que estivemos juntos, eu pude perceber o quanto Flávio é atencioso com as pessoas que lhe procuram e senti a receptividade do seu nome com capacidade suficiente para vencer à eleição do dia 02 de outubro.  
Ao sair da audiência, ainda tive tempo de dar uma cochilada na casa de Aderval a fim de descansar um pouco da viagem, antes de participar de um churrasco que foi organizado pelo futuro vereador Erculano no Bar Frei Damião, de propriedade do tavarense João Paulo Freire. 
Lá, acompanhado do meu filho José Uandsom, fizemos uma confraternização de juruenses, tavarenses, princesenses e de outras cidades da região, regada com um bom papo, muita cerveja, cachaça e uísque até às 02h da madrugada.
A imagem pode conter: 3 pessoas
Apesar da recomendação médica para beber socialmente, esqueci de levar o meu terno e aqui eu já estava no segundo litro de uísque, com João Paulo e José Uandson fazendo minha segurança   
Antes de pegar o voo de volta às 06h da manhã, ainda deu tempo de dar a segunda cochilada na casa de Aderval, sem poder me despedir do meu amiguinho Klebison porque ele ainda estava dormindo.
Contudo, para quem saiu de casa no início da noite de um domingo e fez todo esse périplo pelo interior de São Paulo, causou estranheza, para quem sabia da minha viagem, que às 08h da noite da terça-feira eu já estivesse em Juru. 
Mais, se Deus quiser, retornarei à acolhedora Potirendaba para abraçar novamente meus conterrâneos e poder comemorar a vitória nas urnas de Flávio e Erculano em outubro próximo.
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e área interna
Meus amigos Erculano Severiano e Flávio Alves, candidatos a vereador e prefeito, respectivamente, pelo PSD, em Potirendaba