Eu também quero!

Tião Lucena


De hoje em diante vou ficar exigente, só aceito denúncia contra mim se for feita pelos procuradores de Lula. Vou lá querer denúncia escrita, interna, nos autos, sem holofotes e sem discurso!

E o denunciante terá que ser aquele procurador com jeito de artista de novela das seis, segurando o microfone de Alex Filho, o pretinho com fitas vermelhas adornando o cangote.

Se Lula tem direito, eu também tenho, muito embora eu tenha os dez dedos da mão e não seja muito comedor feito o barbudo de Garanhuns.

Agora, pense como vou ficar uma fera se a Globo não cobrir. Tem que cobrir, com direito a William Bonner e tudo o mais.

Mas também aceito Fátima Bernardes, já que sou um rapaz de origem humilde e não me nego a comer mortadela com pão aguado.

Garanto a vocês que minha mulher, ao ficar nervosa vendo-me à porta da cadeia, não cuidará do seu mal estar comprando 123 mil reais de sapatos.

Dona Cacilda só compra dois sapatos por ano e em casa usa sandália japonesa, aquela que não quebra as tiras.