LABORATÓRIOS DENUNCIAM: Aguinaldo Ribeiro é citado por colunista como negociador de propinas no Gov. Temer


temer-aliados1
A mídia nacional trouxe hoje (18) a informação de que estariam havendo “conversas estranhas” no Ministério da Saúde. Segundo o colunista Lauro Jardim, do Globo, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, do PP, estaria orientando representantes dos laboratórios farmacêuticos a negociar suas demandas com deputados do partido. Um deles seria Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), ex-ministro das Cidades, investigado na Lava Jato.
Confira a nota
“GOVERNO TEMER- Planalto é informado sobre estranhas negociações na Saúde. Ricardo Barros interpretou um elogio que recebeu de Temer numa cerimônia do Palácio do Planalto na semana passada como um sinal de que permanecerá à frente do Ministério da Saúde. Não é bem assim. Informações que chegaram aonde importa no Planalto podem minar de vez sua chance de continuar no cargo.
Os relatos dão conta de que representantes de empresas de medicamentos estão sendo constrangidos em conversas heterodoxas no ministério. Em alguns casos, o ministro indica que os pleitos devem ser levados a deputados do PP — em uma das ocasiões, sugeriu que se procurasse o companheiro de partido Aguinaldo Ribeiro, aliás, investigado por Rodrigo Janot na Lava-Jato. Diz o executivo de um laboratório: “Chego a ter saudade dos ministros da Saúde dos tempos do PT”.

Fonte: O Globo