Rio 2016 esconde Temer, mas vaia vem gigantesca


temer_protesto_paralimpíada
Assim como na abertura da Olimpíada Rio 2016, a cerimônia de abertura da Paralimpíada, no Estádio do Maracanã, também foi marcada por vaias e e gritos de "Fora, Temer"; Temer subiu à tribuna seis minutos após o protesto e de forma discreta: sem ter o nome anunciado e com as luzes do estádio apagadas; ele foi vaiado pela segunda vez ao abrir oficialmente os Jogos; além disto uma outra gafe marcou o evento; no material distribuído à imprensa internacional sobre a cerimônia de abertura, Temer é chamado de "presidente em exercício".
JoséDuarteLima