Temer e Serra erraram ao subestimar tamanho dos protestos – Por Kennedy Alencar


temer serra
A forma mais eficiente de enfrentar essa oposição é resolver a crise econômica e não atiçar a guerra política. As falas de Temer e Serra foram um presente para os líderes das manifestações, porque ajudaram a mobilizar a presença de um número expressivo nas ruas e ficaram sem sentido diante do peso dos protestos.
Os organizadores estimaram em 100 mil os manifestantes ontem em São Paulo. Não houve medição da Polícia Militar nem do Datafolha, mas as imagens mostram um protesto com muita gente.
Para quem faz um discurso de pacificação do país, é preciso tratar com respeito manifestações contrárias. É do jogo democrático. Ontem, em São Paulo, no final de um dia de protesto pacífico, houve confronto entre a PM e manifestantes. Mais uma vez, houve questionamento sobre a truculência policial.
Excessos da PM só tendem a potencializar esses atos, como vimos em 2013. Quem depreda patrimônio público ou privado está errado, mas é preciso que a atuação policial seja proporcional aos atos ilegais de manifestantes.
Ontem, um repórter da BBC relatou que foi vítima de agressão policial. Se um jornalista fazendo o seu trabalho é tratado assim, imagine como são os manifestantes.
Fonte: CBN