Universitário é preso com drogas, remédios e munições no Agreste da PB


O trabalho investigativo da Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), resultou em mais uma ação de repressão qualificada ao comércio de drogas em Campina Grande. Nessa quarta-feira (31), foi preso em flagrante o estudante universitário Alberto Jorge de Siqueira Júnior, 26 anos, que estava com cocaína em pó e munições calibre .380.
O material foi apreendido na residência do preso, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão, cumprido no bairro Presidente Médici. No local, os investigadores também localizaram substâncias químicas como citocaína, epinefrina e lidocaína, utilizadas para potencializar os efeitos da cocaína em pó, aumentando o poder entorpecente da droga. “Alberto Jorge estava sendo investigado pela comercialização de cocaína em festas e bares da classe média de Campina Grande e foi autuado por tráfico de drogas e posse ilegal de munições”, explicou o delegado da DRE, Ramirez São Pedro.
A Polícia Civil continua com as investigações, a fim de verificar quem fornecia os medicamentos para o estudante. “Vamos inclusive entrar em contato com diretores de unidades hospitalares, a fim de identificar quem são os fornecedores”, frisou a autoridade policial.
Alberto Jorge, que já cumpria pena alternativa por porte ilegal de arma, permanece na Central de Polícia Civil, no bairro do Catolé, de onde será encaminhado para audiência de custódia.


Com ParlamentoPB