Começou 2018, haja coração! Romero, Luciano, Romulo, Ricardo, Lira – Por Rui Galdino

14522363_10210984583191662_2054561525_o
Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. Calma! Quando digo que começou 2018, não estou me referindo ao ano cronológico de 2018, e sim, aos preparativos políticos, articulações internas e pré-campanha eleitoral visando as eleições estaduais de 2018. Isso mesmo! Porém, já se fala lá para as bandas de Brasília, que poderemos ter a prorrogação de mandatos, no sentido de unificar todas as eleições em 2020, ou seja, os mandatos dos atuais deputados estaduais e federais, senadores, governadores e presidente da república, seriam prorrogados por mais 02 anos, e aí, em 2020, o Brasil teria eleições gerais, a cada 5 anos, para todos os cargos eletivos.

Bom, mas vamos trabalhar com o ano de 2018, pois, é isso que está posto hoje em nossa legislação. Pois bem, mal terminou o fechamento das urnas domingo passado, 02 de outubro, e aqui na Paraíba, já começou a pré-campanha para 2018. Isso mesmo! O nosso estado, vive política todo dia e o dia todo e todo ano e o ano todo. Essa é a realidade, por isso, a Paraíba é um dos estados brasileiro mais politizado. E a cada eleição, acontece várias surpresas e o eleitorado e povo paraibano avançam cada vez mais.

A eleição municipal desde ano, foi e está sendo ( aonde ainda tem 2º turno ) um grande marco divisor para a política de todo país. O povo brasileiro cansado de ver tanta safadeza e corrupção nos últimos tempos, fez diferente e através do voto e também da grande abstenção, promoveu grandes mudanças e renovações pelo Brasil a fora. E na Paraíba, não foi diferente. Aqui também tivemos grandes mudanças, renovações e quebra de oligarquias políticas. Em alguns municípios aconteceram várias surpresas ( ZEBRAS ), noutros mudanças significativas tanto para prefeito, quanto para vereadores.

O povo paraibano deu o seu recado aos políticos profissionais, aos políticos ultrapassados e aos políticos que não gostam de trabalhar. Aliás, o povo e o eleitorado da Paraíba, mudaram a sua maneira de agir e aprimoraram o seu modo de votar. Se engana, quem estiver pensando que político A, B ou C saiu vitorioso destas eleições. Não! O povo foi quem saiu vitorioso. Se engana mais ainda, quem estiver pensando que os vencedores atuais, vão decidir a eleição de 2018. Nada disso! Cada eleição tem sua história e cada eleição é uma eleição. E se os atuais eleitos, começarem a fazer besteira?

Na verdade, as redes sociais ( internet, etc ) e a consequente descentralização e disseminação dos novos meios de comunicação, estão fazendo uma verdadeira revolução no Brasil e no mundo. Aqui na Paraíba, blogs, portais, sites, rádios e tvs web, mudaram o perfil do eleitor e continuarão mudando cada vez mais. O modus-operandi da velha prática política já não serve mais e está em extinção. O político que não mudar e não se enquadrar nessa nova realidade brasileira, vai ficar fora do processo e vai vestir o pijama mais cedo. O povo não aguenta mais tanta safadeza e corrupção, tanto cinismo e caras de pau. O povo não quer mais saber de sorrisos fáceis e apertos de mãos falsos. Já se foi o tempo de tapinhas nas costas e tudo mais.

Os brasileiros e o povo paraibano em especial, querem resultados práticos e rápidos, pois, protocolos e demoras só beneficiam as safadezas e os atrasos. As pessoas querem políticos honestos, trabalhadores e comprometidos com a maioria da vontade do povo. Chega de tanto atraso, incompetência, safadeza e corrupção. CHEGA! O recado dos eleitores foi dado e cabe aos novos eleitos cumprirem as suas respectivas missões com trabalho, honestidade e competência, caso contrário, o desmantelo será grande, pois, o povo acordou, está atento a tudo e não vai mais permitir que os políticos usem e abusem da paciência da população.

Aqui na Paraíba, três políticos se saíram bem nesta eleição de 2016: Ricardo Coutinho, Luciano Cartaxo e Romero Rodrigues. Ricardo, por continuar sendo o melhor governador de todos os tempos e bem avaliado em todos os municípios do estado. Além disso, o seu partido, o PSB, conseguiu fazer o maior número de prefeituras no estado, totalizando 52 prefeituras. Luciano Cartaxo, mostrou que tem luz própria, venceu a sua reeleição no 1º turno e poderá se consolidar como a 2ª maior liderança do estado em breve. Romero Rodrigues, foi um herói, simples, carismático e pé no chão, também mostrou que tem luz própria, venceu a sua reeleição no 1º turno e poderá se consolidar em breve, como a 3ª maior liderança do estado.

Então, em virtude desses novos fatos, a eleição de 2018, cuja pré-campanha já começou, vão passar necessariamente pelo crivo destes três nomes: Ricardo, Cartaxo e Romero, porém, eles vão ter que continuar dando conta do recado e de acordo com a vontade do povo. Estão dizendo por aí, que o senador Cássio, foi o grande vencedor desta eleição. Eu discordo completamente. Cássio, tem sua importância eleitoral, porém, não é mais a mesma, e se não se reciclar, terá imensas dificuldades para se reeleger senador em 2018. O senador Maranhão e o PMDB, perderam muito nessa eleição, no entanto, pela sua história e por ser irrequieto, se brincar, Maranhão, poderá ser candidato a governador em 2018, pois, não tem nada a perder.

Acho que Luciano Cartaxo, vai tirar seu mandato até o fim e lançar Lucélio, seu irmão, a governador em 2018. Com relação a Ricardo Coutinho, também acho que ele vai tirar o seu mandato até o fim e tentar fazer o seu sucessor, que a preço de hoje, poderão ser o senador Raimundo Lira ou o deputado Gervázio Filho. Romero Rodrigues, deverá se compor com Cartaxo e lançar o vice de Lucélio. Maranhão e o PMDB, poderão se compor com o governador Ricardo em 2018, por que não? Cartaxo, Romero, Rômulo e Cássio, vão ter que caminhar juntos em 2018. Ricardo, Lira, Maranhão, Damião, Santiago e outros, deverão estarem juntos em 2018.

O caminho é por aí. Porém, se Cartaxo deixar a prefeitura e Ricardo deixar o governo, muda tudo. E esse novo caminho será um assunto para um próximo artigo. A preço de hoje, os grandes vencedores destas eleições municipais, na minha opinião foram Ricardo Coutinho, Luciano Cartaxo e Romero Rodrigues. Com destaques especiais para o deputado federal Rômulo Gouveia, pois o seu PSD, fez 26 prefeituras no estado, inclusive, a de João Pessoa, e o senador Raimundo Lira, que percorreu todo o estado ajudando a eleger vários prefeitos, inúmeros vereadores e fazendo um trabalho extraordinário em Brasília, em defesa da Paraíba e do povo paraibano.

Que venha 2018, pois, o moído já começou! ADELANTE!
Fonte: polemica