Ministro da Fazenda diz que desemprego ‘certamente’ vai cair em 2017


O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta sexta-feira (30), que o desemprego “certamente” tende a começar a cair a partir do ano que vem. A declaração foi feita após a divulgação da taxa de desemprego, também nesta sexta, de 11,8% no trimestre encerrado em agosto.
“A expectativa é que sim, no ano que vem. O emprego tem uma certa defasagem em relação à atividade econômica. Quando a atividade começou a dar sinais de arrefecimento já em 2014 o desemprego ainda estava baixo”, disse o ministro.
“Com o crescimento da economia, evidentemente a retomada do emprego acontecerá inevitavelmente, não imediatamente. Portanto, acreditamos que durante o ocorrer do ano de 2017, certamente. E com o crescimento acentuado e continuado da economia nos próximos anos aí, de fato, o desemprego vai tender a cair de uma forma consistente. O importante é crescimento sustentável”, completou.
O desemprego ficou em 11,8% no trimestre encerrado em agosto e o número de desocupados chegou a 12 milhões, segundo dados divulgados nesta sexta pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Trata-se da maior da série da Pnad, que teve início no primeiro trimestre de 2012.
Questionado se, além da desaceleração do desemprego, a criação de empregos também será retomada em 2017, Meirelles disse que “em algum momento, no decorrer desse processo nos próximos trimestres, vai começar a subir, não tenha dúvida”.
O ministro destacou, entretanto, que a situação econômica ainda “é muito séria”, que o Brasil “continua em recessão” e que “è prematuro dizer que já começou a recuperação”. As informações são do G1.

Fonte Paraíba Já